Theresa May tenta acordo para continuar Brexit

42

A primeira-ministra da Inglaterra vai reunir-se com Arlene Foster, a líder do Partido da União Democrática da Irlanda para tentar um acordo sobre a fronteira. É que a questão da Fronteira Irlandesa está a impedir que o Brexit passe à segunda fase das negociações.

O responsável britânico para as negociações do Brexit afirmou que Theresa May tem marcada uma conversa difícil com a líder do DUP, Arlene Foster. O problema reside, diz David Jones, em como vai ser a fronteira entre a Irlanda do Norte e a República da Irlanda, após a saída da União Europeia.

O PM da Irlanda, Leo Varadkar, insiste numa cláusula para evitar o regresso de uma “fronteira difícil”, que poderia prejudicar o acordo de paz celebrado em 1998. Enquanto o DUP considera que isso impede a Irlanda do Norte de sair da UE “nos mesmos termos”, como o resto do Reino Unido.

Theresa May precisa do apoio do DUP, que é o maior partido da Irlanda do Norte com dez deputados em Westminster, porque não tem a maioria na Câmara dos Comuns. Todos aguardam que a May alcance progressos quando regressar a Bruxelas. Só deste modo, na Cimeira Europeia de 15 de dezembro, se poderá passar à segunda fase das negociações.

Escócia prefere continuar no mercado comum

A primeira-ministra escocesa disse que não será saudável a Irlanda do Norte beneficiar de regras diferentes. Numa mensagem no Twitter, Nicola Sturgeon, defendeu que existe uma boa oportunidade para o Reino Unido continuar no mercado comum para minimizar os danos da saída da União.

A mensagem vinda da Escócia mereceu o apoio do primeiro-ministro do País de Gales, Carwyn Jones e do Mayor de Londres, Sadiq Khan.

C/RTP

(Visited 44 times, 1 visits today)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here