URDI chama mindelenses para o centro de Mindelo

534

O Primeiro-ministro, José Ulisses Correia e Silva, preside na tarde desta quinta-feira, 30, a cerimónia de abertura da Feira de Artesanato e Design de Cabo Verde na Praça Amílcar Cabral no Mindelo, dedicada ao tema “Design”. Com este evento, a URDI pretende promover um diálogo entre os criadores, artesãos, designers e agentes culturais do país e chama os mindelenses para apreciar o artesanado “Made in Cabo Verde”. A expectativa é de um movimento intenso de pessoas na Praça Nova para apreciar os concertos, desfiles de moda, exposição e outros.

Antes da abertura, esta exposição, que vai até 03 de Dezembro, contempla ainda um ciclo de conversas, dirigido por agentes culturais, designers, artesãos, investidores, estudantes e vários elementos da sociedade civil. As conversas vão decorrer em torno dos painéis “Matéria-prima local: um potencial a valorizar, um saber a reinventar”; “Design no Artesanato – Olhar Global x Olhar Nacional/Local” e “Identidade Cultural, Artesanato e Design”. Ainda: “Cabo Verde no Design-contexto actual e utopias” e “Referências internacionais – boas práticas e desenvolvimento sustentável” e “Artesanato Created in Cabo Verde – uma visão integrada, que políticas para o sector”.

A Praça Amílcar Cabral posiciona-se como a localização perfeita para a Galeria Urdi 2017. Trata-se de um espaço ímpar que se apresenta como um cartão-de-visita para acolher os criadores, sobretudo os oriundos das ilhas vizinhas, que estão a expor no Mindelo e, através do seu trabalho, devolver à cidade e ao usufruto do público esta praça de reconhecido valor histórico.
O programa destaca ainda a Volta n´Atelier (Atelier Terra Cota), Oficina de Fibras Orgânicas (CNAD), condecoração com medalha de mérito cultural 1º Grau a Luísa Queiroz (a título póstumo), Manuel Figueira, Joana Pinto Isabel Duarte, e de 2º Grau a José Carlos Brito (Voginha). E ainda vernissage no Hotel Porto Grande e concerto “Trovador João Eugénio e Banda”, oriundo da ilha de São Nicolau, município destaque nesta edição da Urdi.

Amanhã abre o salão design Created in CV: “Identidade Interior das Nossas Casas” no CCM, “Luthier do Material ao som” no Zero Point Art, “Joalharia Krobo & 10 Grãozinhos di Terra” Praça 3. E ainda “Meridiano dos Ofícios”, “Beyond – Instalação de Moda” Vanessa Monteiro; “Kutxi – Residência Criativa” – Colectivo Artesãos + The Home Project no CCM. O programa anuncia ainda um concerto com “Hélder Pelada Trio” (Santo Antão) na Praça Nova, a segunda reunião de parceiros Craft & Art, Oficina de Olaria, DJ n´Coreto, Desfile de Moda e um concerto com “Princezito e Banda”.

Criada em 2016, para substituir o então Fonartes – Fórum Nacional de Artesanato -, a URDI é uma iniciativa cultural anual dedicada à exploração e mostra das múltiplas expressões do artesanato e design. Visa preconizar novos horizontes para o artesanato e do design “Create in Cabo Verde”.

Já o Governo, informa em nota, que esta feira representa “um imperativo para as políticas públicas e afins que, per si, se redesenham nas dinâmicas sócio-cultural, mercadológico global e criativa contemporânea, enquanto fonte de rendimento e de criação de emprego”. Isto para além de valorizar a dimensão simbólica, patrimonial e turística do artesanato nacional, bem como impulsionar a reflexão no campo do artesanato e do design.

Para além do Primeiro-ministro, estão previstas na abertura deste evento as intervenções do presidente do CNAD, Irlando Ferreira, da vereadora Lídia Lima em representação da Câmara Municipal de São Vicente, e do Ministro da Cultura e das Indústrias Criativa, Abrãao Vicente.

Constânça de Pina

(Visited 550 times, 2 visits today)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here