800 passageiros transportados todas as semanas entre Mindelo e Lisboa: TAP vai aumentar voos para S. Vicente

2010

A TAP vai aumentar para sete os voos semanários entre Lisboa e  Mindelo  no verão. A empresa portuguesa, que defende melhorias no AICE para poder usar aviões maiores, garante que a procura tem sido “muito forte”, a ponto de estar a transportar cerca de 800  passageiros por semana nessa rota.

Os preços praticados pela Transportadora Aérea Portuguesa em todas as suas rotas são determinados pela oferta e procura, quem o diz é André de Serpa Soares, do departamento de Marketing & Comunicação desta companhia aérea lusa. No caso concreto de São Vicente, apesar da forte procura à qual a TAP tem vindo a responder com aumento da oferta, este responsável explica que os preços dos bilhetes não estão relacionados apenas com a distância percorrida ou o custo dos combustíveis.  Confirma que a empresa não reforçou as ligações para esta ilha por altura do Carnaval, mas diz que colocou aparelhos maiores, até porque foi a TAP que transportou os equipamentos e patrocinou alguns prémios desta festa.

O pretexto para esta entrevista, um caso raro, foram as constantes manifestações de descontentamento e críticas aos preços elevados das passagens feitas pelos mindelenses nas redes sociais e nos protestos promovidos pelo Sokols 2017. Num exclusivo ao Mindelinsite, André Soares admite que a procura por voos da TAP na rota São Vicente-Lisboa tem sido muito forte, contrariando a tese defendida pela classe política, que justifica a suspensão das ligações da Cabo Verde Airlines do Aeroporto Internacional Cesária Évora por não ser rentável. Soares vai ainda mais longe ao dizer que a TAP tem estado a reforçar a sua oferta para São Vicente. Algo que vai continuar.

Aliás, é neste contexto que a companhia aérea está a preparar mais novidades já para este verão. “Neste momento transportamos cerca de 800 passageiros semanalmente em cada um dos sentidos. Mas este verão, os nossos voos para São Vicente vão passar a ser diários, aumentando de seis para sete frequências por semana”, anuncia, lamentando as restrições da infraestrutura aeroportuária da ilha que impedem a companhia de operar com aviões com maior capacidade, nomeadamente os Airbus A 321. “Mesmo assim, temos procurado corresponder à procura”, pontua.

Para já, de acordo com o entrevistado Mindelinsite, a TAP aguarda melhoramento das infraestruturas aeroportuárias de modo a que sejam possíveis operações nocturas e também a possibilidade de realizar voos com aviões de maior capacidade. Já quando questionado sobre a nova programação que prevê ligações promocionais para todos os destinos em Cabo Verde, com excepção de São Vicente, especialmente durante o Carnaval onde a procura é maior, este garante que foram agendadas para a ilha neste período com o seus Airbus A320, de maior capacidade.

“A companhia tem apoiado, através da TAP Cargo, o transporte de equipamentos do Carnaval e inclusivamente patrocina o evento, oferecendo os prémios”, declara Soares, negando, entretanto, que a companhia aérea de bandeira lusa tenha criado tarifas específicas para cada ilha, citando como exemplo a redução recente do tarifário na classe económica Cabo Verde – Portugal, que abrange as ilhas do Sal, Santiago, São Vicente e Boa Vista. Este nega igualmente, em jeito de remate, que a TAP tenha “monopólios” ou qualquer posição privilegiada nas rotas que opera.

Constânça de Pina

(Visited 10.163 times, 1 visits today)

7 COMENTÁRIOS

  1. TAP está a roubar o povo cabo-verdiano sabe que não temos outra alternativa para fazer viagens a cabo verde 🇨🇻 mete passagem caras ficamos aqui a matar para comprar uma passagem aérea tão cara so porque temos familiares em cabo verde temos que lá ir e ainda por cima sem mala de purao isso todo é uma roubalheira

  2. Será que o nosso Ministro sabe disso? Que voos da TAP são rentáveis. Porque na sua entrevista desta semana, ao falar da compra dos TACV, ele frisou que os TACV sô vão fazer voos internacionais pá SV se (e abriu um grande SE) esses forem rentáveis. Só resta perguntar:
    Para onde ia ô dinheiro

  3. todo o pessoal fala o quanto caro as passagens… o que dzem cerca das maletas q antes em 2017 podias levar duas maleta s de 20Kg – que no ano 2018 nada tens,,, 23 kg pagas 60 euros só ida..tens direito só 8 kg na mao..se vais do norte da EUROPA o q é isso de 8 kg..por isso q o turismo vai enfraquecer de repente se o turismo nao consegue carregar uma maleta de utensilios pessoais.. ( Mulheres ) Carregadas de tintas e Pestanas…se conseguires chegar no mesmo dia.???.de volta passas uma noite em Lisboa.. viajes ( NU ) com 8 kg.. uma BATOTA da TAP a projudicar o Turrismo para S:V..todos dizem UMA SÓ VEZ a passagem é muito ESAJERADO quem viaja sem maleta ISSO CHAMA Colonialismo..

  4. Ja imaginaste que também estás a roubar os portugueses em Portugal.
    Já imaginaste que os caboverdeanos roubam os portugueses em Cabo Verde, quando pedem 60 contos por uma casa T2 na cidade da Praia ?

    Só te sabes queixar mas não abres os olhos nem és honesta na análise que fazes.

  5. Ainda não tive oportunidade de conhecer o Mindelo, mas quem sabe em breve consigo me programar para fazer essa viagem. Bom saber que a oferta da TAP vai aumentar. Um grande abraço a todos os mindelenses.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here