Adex Managment cumpre promessa: Nuno e Edson começam testes no AS Trencin da Eslováquia

1019

Os futebolistas cabo-verdianos Nuno Lopes e Edson Teixeira chegaram este Domingo a Eslováquia onde vão fazer testes no clube AS Trencin nos próximos três meses. Os treinos começaram hoje e, conforme apurou o Mindelinsite, ambos estão empolgados e decididos a agarrar esta oportunidade com pés e mãos.  

“Há muito que aguardava por esta oportunidade, por isso quero agradecer a confiança que Adilson da Cruz e Ary Santos depositaram na minha pessoa. Prometo dar o meu máximo porque esta é uma porta que se abre para o meu futuro”, salienta Nuno Lopes, que tem vindo a preparar-se mental e fisicamente para esse desafio. Ele que, confessa, passou três meses frustrado por conta de uma lesão num dos pés. Para ele, a sua carreira no futebol estava em causa, mas, realça, encontrou apoio na sua mãe e no amigo Ary Santos, este o representante da empresa Adex Managment em S. Vicente. Hoje, diz esse ex-médio do CS Farense, está com uma esperança renovada na sua carreira, agora como profissional.

Campeão nacional pela Académica da Praia, Edson Teixeira, 28 anos, encara a sua deslocação a Eslováquia como a concretização de um velho sonho. É que, conta, já recebeu promessas que nunca se concretizaram, por isso esta viagem é como uma luz no fundo do túnel.

Confiante no seu potencial, este médio-ofensivo está disposto a “atacar” essa oportunidade com toda a força. “Vou dar o meu máximo porque quero atingir objectivos mais ambiciosos. Não quero bazofiar-me, mas sei que tenho todas as condições para singrar no futebol profissional”, assegura esse antigo atleta do Sporting da Praia, que se mostra agradecido pela aposta que a Adex Managment fez na sua pessoa. Como recorda, o primeiro contacto com a agência aconteceu no ano passado no estádio do Porto Novo, no dia em que a Académica da Praia venceu o Mindelense na final do campeonato de Cabo Verde. A partir desse instante, o projecto foi ganhando consistência até desembocar na deslocação a Eslováquia.

Nuno Lopes, segundo o empresário cabo-verdiano Adilson Cruz, foi o primeiro jogador que despertou interesse da Adex Managment em Cabo Verde, mais precisamente em S. Vicente. O plano era colocar o atleta na Europa o mais cedo possível, no entanto o expediente sofreu um impasse devido a lesão que o jogador contraiu no campeonato regional de S. Vicente. Depois foi preciso garantir a atribuição do visto de entrada no espaço Shengen, o que demorou o seu tempo. “Demos todos os expedientes, colocamos os jogadores na Eslováquia, como prometemos. Já fizemos a nossa parte, agora tudo está nas mãos deles, isto é, da capacidade de integração e de superação de cada um”, realça Adilson Cruz, que promete ter uma postura “diferente” como agente desportivo e não repetir erros que podem manchar a imagem do futebol cabo-verdiano.

“Há um mercado futebolístico promissor em Cabo Verde e queremos estar bem posicionados. Por isso o nosso próximo projecto será abrir uma escola de formação de nível europeu para treinadores. Queremos aproveitar os ex-jogadores e dar-lhes a possibilidade de iniciarem uma carreira como treinadores, recebendo aulas grátis”, anuncia Adilson Cruz, que tem vindo com alguma regularidade a Cabo Verde. Nalgumas das deslocações à cidade do Mindelo veio acompanhado de um técnico e do próprio dono do clube AS Trencin. Segundo Adilson, o empresário eslovaco viu e gostou daquilo que viu, daí o seu interesse em receber jogadores cabo-verdianos para testes.

Até o momento, a Adex Managment conseguiu acordos com três futebolistas cabo-verdianos. O primeiro a viajar foi Leny Buyl, formado nas fileiras da Geração Benfica do Mindelo, que chegou a acordo por dois anos com o FK Inter Bratislava, clube da segunda divisão da Eslováquia. Agora, Nuno e Edson têm a oportunidade de jogar na primeira divisão, se conseguirem entrar para o plantel do AS Trencin.

Kim-Zé Brito

(Visited 1.975 times, 1 visits today)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here