AOJE leva Passeio Fotográfico a Santo Antão

176

A Associação Olho-de-gente (AOJE) organiza no dia 4 de Agosto um passeio à ilha de Santo Antão, cujo propósito é tentar trazer nas lentes das câmaras fotográficas a realidade turística, social e cultural da ilha. Esta primeira iniciativa da associação em levar pessoas para a ilha, num projeto com este conceito, pretende ser num elo para partilha de experiência entre fotógrafos profissionais, iniciante e amadores.

De acordo com Diogo Bento, membro da direção desta associação, este projeto é direcionado a qualquer pessoa interessada em fotografia e que pelo menos três fotógrafos profissionais ja abraçaram iniciativa. O conceito que irão trabalhar em Santo Antão consiste numa abordagem mais demorada, “ultrapassando  a impressão imediata, da beleza mais superficial da ilha” e conhecê-la de forma mais profunda.

O Município do Porto Novo será onde as atividades decorrerão e o propósito é levar as pessoas a entrarem mais nos lugares. “Não vai ser só fotografar. Os participantes poderão conhecer as pessoas e, conversando com elas, conhecer os problemas e as mais valia das localidade”, explica Diogo.

Para isso, diz, os percursos não foram escolhidos pelo acaso, pelo que a maioria passa por roteiros considerados menos turísticos. De acordo com ainda com a fonte, deste intercâmbio podem surgir mini-projetos fotográficos à volta de cada lugar, numa forma diferente de olha para a ilha. “É reconhecer o seu potencial turístico, reconhecer a sua beleza paisagística e humana e desse ponto de vista e por arrasto, ajudar a desenvolver o potencial turístico de Santo Antão”, acrescenta.

A vertente formativa e de convívio irá permite que durante um final de semana a pessoa esteja dedicada apenas à fotografia. “Muita gente gosta de fotografia, mas nem sempre ha a disponibilidade para se dedicar como queria. Por isso esse projeto permite que estas pessoas estejam focadas nesta vertente por pelo menos um final de semana, com espaço e tempo”.

A Camara do Porto Novo, que disponibilizou dormitórios, é a principal parceira da iniciativa. Mas Diogo espera novos parceiros para facilitar a deslocação de São Vicente para Santo Antão, e com os gastos na ilha, para que a inscrição, que decorre até 26 de julho, seja mais acessível possível.

A organização pretende que o evento seja frequente, e em Outubro voltar a realizar outros passeios fotográficos, com vista, “quem sabe”, preparar novos fotógrafos para o evento Catchupa Factory.

Sidneia Newton (Estagiária)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here