Banco Sangue do HBS faz passeata para recrutar novos dadores

137

Os trabalhadores do Banco de Sangue do Hospital Baptista de Sousa promoveram esta quinta-feira, 14, Dia Mundial do Doador de Sangue uma passeata pelas ruas da cidade do Mindelo para informar e sensibilizar as pessoas para a necessidade de doar sangue. Ao ritmo da batucada, distribuíram folhetos com informações sobre “Porque doar sangue”.

“Viemos para a rua para agradecer as pessoas que doam sangue regularmente e que nos permitem ter sempre sangue para os doentes que dele precisam. Queremos também sensibilizar mais pessoas para esta prática”, explica Mónica Chantre, aproveitando para alertar que o Banco de Sangue precisa de novos doadores. “É preciso sensibilizar mais pessoas, mas temos de agradecer porque temos um número expressivo de pessoas, que são dadores e que levam os seus amigos para também doarem sangue”.

É que, como lembra Mónica Chantre, é preciso renovar e reforçar os dadores de sangue para se atingir a autossuficiência, daí a necessidade de se realizar campanhas com regularidade e passeatas. De referir que, nesta luta, para além dos funcionários do Banco de Sangue, estiveram envolvidos o Hospital Baptista de Sousa e o Ministério da Saúde.

Para ser dador de sangue é preciso apenas ser saudável, ter entre 18 e 65 anos, pesar mais de 58 quilos, não ter comportamento de risco para doenças infeciosas transmissíveis pelo sangue, caso por exemplo da Sida, Hepatites, Sífilis, entre outros. A doação é voluntária, gratuita, anónima, regular e responsável, sendo que os dadores são submetidos com frequência a exames médicos e análises.

Constânça de Pina

(Visited 209 times, 1 visits today)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here