“Cabo Verde Ocean Week”, uma semana para transformar o país num centro da Economia Azul

205
Foto: ThePlanetToday/photos

O ministro da Economia Marítima, José Gonçalves, apresentou hoje no Mindelo o “Cabo Verde Ocean Week”, evento internacional que acontece de 19 a 23 de Novembro em São Vicente e que vem na esteira do “Our Oceans Meeting”, realizado em Junho de 2017 pelas Nações Unidas e que vários países têm vindo a replicar. Esta iniciativa, que propõe transformar Cabo Verde num Centro da Economia Azul pelo menos durante uma  semana, contará com a participação dos ministros da Comissão Sub-Regional das Pescas (CSRP) e da Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP) e de vários especialistas. Produzirá, no final, uma “declaração” dos ministros e a “Resolução do Mindelo”.

A protecção dos mares e oceanos, a preservação da vida e da biodiversidade marinha, encontrar soluções para um mundo marinho sem lixo e definir estratégias de conservação da biodiversidade são alguns dos objectivos por detrás da realização deste evento de nível internacional, que se pretende venha a acontecer anualmente, coincidindo com a Expomar. Por tudo isso, o ministro José Gonçalves não tem dúvidas de que o Cabo Verde Ocean Week será um encontro de grande envergadura e de suma importância para o país, com a integração nessa semana, de organismos e personalidades nacionais e internacionais do sector.

Neste sentido, prossegue, foram convidadas várias figuras de relevo internacional em matéria de Economia Azul, entre os quais o vice-Presidente do Seychelles, o comissário europeu Carlos Moedas, os ministros da CPLP ligados ao mar e da CSRP, ou seja da Guiné-Bissau, Guiné-Conacri, Gâmbia, Mauritânia, Senegal e Serra Leoa. E ainda representantes de países e organizações internacionais e especialistas de reconhecido mérito mundial. Todos com “conhecimento profundo dos mares e dos oceanos, visando apresentar estratégias e medidas para cuidar do oceano e aproveitando a oportunidade para exibir Cabo Verde como palco privilegiado da Economia Azul no Atlântico Médio”.

Neste sentido, de acordo com o Presidente Nacional do Cabo Verde Ocean Week, Ildo Rocha, estão programados, para além do evento principal que contará com conferências internacionais com a participação dos ministros da CSRP e da CPLP, debates com cientistas ligados à Economia Azul e à Economia Marítima. Haverá ainda “sites eventos”, ou seja, programas culturais e desportivas ao longo da semana, workshops com participação de especialistas, armadores, construtores de barcos de boca aberta, de entre muitos outros.

Relativamente às actividades desportivas, Rocha explica que antecipam aquilo que irá acontecer no Sal em 2019, isto é, os Jogos Africanos de Praia. “Em São Vicente teremos um mini-jogos na mesma altura. Mindelo vai ser por estes dias o palco a nível internacional deste evento inédito no país, mas que já acontece em várias partes do mundo. Estamos a enquadrar o Cabo Verde Ocean Week nesta nova forma de se encarar o mar e os oceanos. A Economia Azul tem a ver com esta vertente de gestão dos nossos mares”.

O lema do Cabo Verde Ocean Week, que durante uma semana vai transformar o arquipélago no centro da Economia Azul, é  “Nosso oceano, nossa riqueza e bem-estar”.

Constânça de Pina

(Visited 442 times, 1 visits today)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here