Cabo-verdiana morta em Portugal pelo namorado com indícios de crueldade

21796

Uma jovem cabo-verdiana,de 23 anos, natural de Santo Antão, foi morta pelo namorado no último Sábado na casa onde ambos residiam na Encosta da Luz, Pontinha, em Odivelas Portugal. A vítima terá sido assassinada com indícios de elevada crueldade pelo seu companheiro, um imigrante paquistanês de 28 anos. O homicida será presente esta Segunda-feira ao Juiz.

O crime ocorreu por volta das 18h50 de Sábado, no interior de uma habitação do bairro da Encosta da Luz. Desconhecem-se ainda os contornos do homicídio. Apenas se sabe que Silvina Magali Santos, a vítima, cabo-verdiana de 23 anos, terá sido estrangulada até à morte pelo namorado.

Quando teve a certeza de que tinha morto a companheira, o imigrante paquistanês saiu de casa ao volante do carro e conduziu até à esquadra da Polícia de Segurança Pública de Odivelas, onde confessou a prática do homicídio. Regressou a casa, algemado e acompanhado por elementos policiais, conduzindo-os ao corpo de Silvina Santos.

De imediato foi interdito o acesso ao prédio onde ocorreu o crime, tendo o mesmo sido vistoriado por inspectores da Secção de Homicídios da Polícia Judiciária de Lisboa, que iniciaram a investigação. O cadáver de Silvina Magali foi removido por agentes do serviço de automaca da PSP. Encontra-se neste momento no Instituto de Medicina Legal de Lisboa, onde será autopsiado.

Já o cidadão paquistanês será presente ao juiz esta segunda-feira.

C/cmjornal.pt

(Visited 22.742 times, 8 visits today)