“Carnaval benfiquista” na Praça Nova para festejar o 37° título do clube da águia

593

Uma onda vermelha invadiu, como era esperado, a Praça Nova do Mindelo, palco natural das grandes celebrações culturais e desportivas na ilha de S. Vicente. Aos poucos, carros, motos, bicicletas e pequenos grupos de amigos trajados com as cores do clube português foram tomando conta do centro da cidade, até que essa onda humana pintou a Praça Nova de vermelho. A antever esse ambiente, agentes da Polícia Nacional foram posicionados em pontos-chaves para garantir a segurança dos adeptos e a ordem possível.

Minutos após o apito final, que confirmou a vitória sobre Santa Clara e o 37° voo da águia rumo ao título, todos os caminhos foram dar à Praça Nova, que muitos chamam de Marquês de Pardal, numa alusão ao Marquês de Pombal lisboeta, vá-se lá saber porquê. Ironia ou criatividade?! No local, vários benfiquistas já estavam em modo festa.sv quando começaram as picardias. Uma jovem voltou-se para um sportinguista e atirou esta: “Meu filho de três anos tem mais campeonatos do que tu com 19 anos.”

Nem as tantas pisadas em cima dos pés conseguiram tirar a alegria e a tranquilidade às pessoas. Só dava abraços, risos, cerveja, cânticos dos hinos do Benfica, pose para fotos com o renovado andor da águia e kolá san jôn. Ahn, e também todos quiseram rusgar o bolo de aniversário do Likas. E, quando muitos adeptos esperavam pelo “banho dos campeões”, nem auto-tanque nem mandôde. Nem o trio elétrico apareceu para carregar o pessoal atrás de si até a praia da Lajinha. Canhambra!

No entanto, nem por isso os encarnados deixaram de festejar o gostinho de roubar o título ao FC Porto. Tudo num ambiente de pura amizade e tolerância desportiva. “Mindelo é Benfica e não há como explicar essa paixão”, comentava Glória Mendes, 28 anos, enquanto fazia uma selfie com a estátua da águia do Benfica. Verdade seja dita, o “bichinho” está a cada ano mais bonito, isto é, com uma imagem melhor elaborada. Deve ser por isso que todos queriam “sair na chapa” ao seu lado.

Até o autocarro dos “leões” da Rua de Praia juntou-se à festa, talvez para lembrar aos benfiquistas que o Mindelense quer o mesmo tratamento se vencer o campeonato nacional. Chegou à Praça Nova lotado de adeptos e “enfeitado” à Benfica. Na parte frontal exibia o “37”, um número tão desejado pelo clube da Luz.

Sidneia Newton (Estagiária)

(Visited 877 times, 1 visits today)

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here