Comunicado da FCA pressiona campeonato em S. Vicente: Play-Off disputado no sistema “melhor de três” nas duas fases

243

O arranque do nacional de andebol feminino foi adiado para o próximo dia 5 de Junho, por forma a dar tempo à associação de S. Vicente da modalidade para ultrapassar os constrangimentos e garantir o alojamento das caravanas que virão das outras regiões desportivas. Segundo Luís Fortes, presidente da AASV, o reajuste foi acordado com a Federação Cabo-Verdiana de Andebol (FCA) já que não seria possível iniciar a competição em Maio, como estava inicialmente prevista, por causa das dificuldades em alojar todas as equipas que virão a S. Vicente disputar o título de Cabo Verde. Depois de vários anos, Mindelo volta a ser palco da prova, mas ainda os mindelenses aguardam para saber quem irá representar a sua região. Esta dúvida será dissipada este Sábado no jogo decisivo dos Play-Off entre as meninas do Atlético – campeãs em título – e as jogadoras do Amarante, vice-campeãs de S. Vicente.

Regional masculino apressado

No que tange ao regional de andebol masculino, a AASV viu-se obrigada a fazer adaptações ao calendário para poder assegurar a presença de um representante de S. Vicente no campeonato nacional, que acontece na ilha do Sal, de 29 de Maio a 2 de Junho. Esta informação obrigou a associação de S. Vicente a diminuir o número de jogos dos Play-Off, que passará a ser disputado à melhor de três nas duas fases. Além disso, a associação agendou partidas para Sábado, Domingo e Segunda por forma a acelerar o apuramento das duas finalistas. Mesmo assim, segundo Fortes, a equipa campeã só será conhecida lá para o dia 21 de Maio, isto é, uma semana após o prazo limite concedido pela FCA para as regiões desportivas indicarem os nomes dos seus campeões nos dois escalões.

São Vicente teve um caso particular por causa da eleição dos novos membros da associação regional e todo esse processo acabou por adiar o arranque do campeonato. Mas, o facto dos jogos do regional masculino acontecerem no sistema melhor de três não vai prejudicar as equipas porque estas já estão acostumadas com este ritmo,” explica Luís Fortes, assegurando que já na próxima semana será conhecido o campeão regional do escalão sénior masculino. Todas essas alterações no sistema de jogo, segundo este dirigente, foram feitas em coordenação com a FCA, de forma a garantir que São Vicente tenha um representante a disputar o nacional na ilha do Sal.

É que, conforme o comunicado da FCA, as associações devem comunicar até o dia 14 deste mês os respectivos campeões regionais masculino e feminino. Por outro lado, os clubes têm até o dia 16 para enviar a ficha de inscrição das suas delegações. Para confirmar a sua participação, deverão inscrever um total de 18 elementos, sendo 16 atletas e dois oficiais. Já os campeonatos masculino e feminino terão uma fase de grupos, meias-finais e final.

Carina David

(Visited 332 times, 1 visits today)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here