Continua conflito entre ex-funcionárias e a churrasqueira Chez Noel

877

O contencioso laboral entre ex-funcionárias e o gestor da churrasqueira Chez Noel continua por resolver. Apesar das promessas do empresário de pagar ontem o salário do mês de Abril, e saldar de vez as dívidas com o grupo, nada disso aconteceu, o que aumentou a crispação entre as partes. Este impasse deixou as trabalhadoras mais revoltadas e estão a ponderar partir para outras acções. Já contactaram um sindicato e esperam agora que as coisas sejam resolvidas sem precisarem recorrer a outras instâncias, como o tribunal.

O caso veio a público no dia 25 deste mês, quando o grupo de mulheres abordou o Mindelinsite, numa altura em que cinco delas estavam em frente ao novo espaço alugado pela churrasqueira, na esperança de receberem o seu dinheiro. Como contaram a este jornal, decidiram procurar o empresário porque ele havia prometido perante a Inspecção-Geral do Trabalho (e não a Direcção-Geral do Trabalho, como erradamente disseram as nossas entrevistadas) pagar na passada quarta-feira, depois passou a data para sexta-feira e adiou a medida uma terceira vez, agora para ontem, segunda-feira. E mais uma vez, como contam, o dono da churrasqueira negou cumprir a sua palavra.

Conforme noticiou este online, as ex-funcionárias levaram o caso ao conhecimento da Direcção-Geral do Trabalho, quando na verdade contactaram a Inspecção-Geral do Trabalho. E, numa nota enviada a este jornal, a DGT clarifica que é uma instituição parceira dos sujeitos laborais em Cabo Verde, servindo de elo entre as entidades empregadoras e os trabalhadores, mas que nunca recebeu quaisquer pedidos de resolução desse conflito. Fica, pois, o devido esclarecimento e a correcção.

KzB

(Visited 1.254 times, 1 visits today)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here