Eleições na Associação dos Músicos da Boa Vista

40

A Associação dos Músicos da Boa Vista (AMBV) reúne-se em Assembleia Geral esta Sexta-feira, 23, para renovar todos os seus órgãos sociais. O presidente Pancrácio Tomar da Cruz (Kaka) defende que é altura de entrar sangue novo para dar mais dinâmica à esta associação, que surgiu com o intuito de elevar a morna na ilha das dunas. Manuel “Lela” Brito é, até agora, o único a manifestar interesse em assumir a liderança da Associação dos Músicos da Boa Vista.

Estou a presidir esta associação há seis, sete anos. Inicialmente o nosso objectivo era valorizar a morna e dar o devido reconhecimento ao contributo dos músicos da Boa Vista para a sua visibilidade a nível nacional. O Festival de Mornas, o único do género no país, permitiu-nos trazer artistas conceituados de todas as ilhas para participar e promover conferências interessantes sobre a morna. Hoje, os jovens da ilha da Boa Vista já vêm este género musical com outros olhos”, explica o presidente cessante.

Satisfeito, este dirigente entende que é hora de entrar sangue novo para dar nova dinâmica a esta associação. Mas Pancrácio promete continuar na retaguarda. “Já fiz a minha parte. Acho que agora cabe aos jovens assumirem a Associação dos Músicos da Boa Vista e dar-lhe outra dinâmica. Mas vou estar lá para apoiar qualquer pessoa que venha a assumir a presidência”, promete Kaká.

Até o momento apenas Manuel “Lela” Brito, do grupo musical Djalunga, mostrou-se disponível para assumir a associação. Mas, conforme a convocatória, os interessados em concorrer podem apresentar as suas candidaturas até o início da assembleia. Da agenda desta reunião magna, constam ainda, para além da eleição dos órgãos sociais, a apresentação e discussão de propostas de alteração dos Estatutos, informações e diversos.

Foto: Revista Nôs Genti

Constânça de Pina

(Visited 85 times, 1 visits today)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here