Estrelas do Mar legalizado: Ligoc continua sem se pronunciar sobre sua participação no Carnaval 2019

797

O grupo carnavalesco Estrelas do Mar já está legalizado. O processo já foi encaminho à Liga dos Grupos Oficiais do Carnaval de São Vicente (LIGOC) e grupo aguarda, agora, uma apreciação sobre a sua integração como membro e um posicionamento relativamente ao desfile no Carnaval 2019. Entretanto, esta agremiação mostra-se apreensiva devido a sinais de uma “tentativa de exclusão” por parte da LIGOC. Um desses sinais, diz o vice-presidente do Estrelas, é a marcação do sorteio para o desfile de carnaval, agendado para o próximo dia 17 de Novembro, mais de três meses antes do carnaval.

De acordo com o vice-presidente do Estrelas do Mar, Papi Tavares, a LIGOC garantiu que, assim que o grupo estivesse legalizado, este seria aceite como membro efectivo da liga. Entretanto, decorridos 48 horas após a entrega do dossiê, com todos os documentos que comprovam a sua legalização, o Estrelas do Mar ainda não recebeu nenhum feedback desta associação, numa altura em que se percebe que a Liga está a apressar os démarches para o carnaval 2019, num ritmo nunca antes visto.

Temos conhecimento que a Liga marcou um encontro com os grupos e não fomos convidados. A Liga diz que está num processo de análise dos documentos para saber se seremos aceites como membros. Isso tudo, para mim, é uma manobra clara de exclusão contra o Estrelas do Mar. Por esta via, a liga pode depois alegar que tudo já está organizado, que já até fizeram sorteio e que quem está atrasado somos nós”, afirma Papi Tavares, que também questiona a decisão de marcar o sorteio com essa antecedência. “Nunca, na história do carnaval de São Vicente, foi realizado um sorteio três meses antes do carnaval. Nenhum grupo até agora começou a construir os andores, o que é que este sorteio vai acrescentar ao carnaval?”, questiona.

E tudo indica que a LIGOC continua irredutível na sua decisão de colocar o Estrelas do Mar como grupo de animação, pelo menos no carnaval de 2019. Segundo Papi Tavares, foi convocada, há alguns dias, uma reunião entre a LIGOC e o Estrelas do Mar, intermediada por Roca Vera-Cruz, enquanto pessoa da sociedade civil e que tinha como propósito, convencer o grupo a desfilar na segunda feira de carnaval, junto com o Samba Tropical. Uma proposta  prontamente recusada, como explica Tavares, que realça que o Estrelas do Mar é um grupo competitivo, com os foliões e os patrocinadores a querer a competição.

A proposta da liga é o Estrelas desfilar como grupo de animação. Mas temos patrocinadores a oferecer 1400 contos, ou até mais, e que querem ver o grupo a competir. Se aceitarmos desfilar no Carnaval 2019 como animação, perdemos automaticamente os patrocínios. O facto de não ser um carnaval competitivo dificulta também em convencer os foliões a saírem no Estrelas do Mar ´só para brincar´ o carnaval”, explica.

Para Papi Tavares, se a liga quer o Estrelas do Mar a sair como grupo de acesso, então deve ser ela a financiar o projecto. “Não posso utilizar o dinheiro do patrocinador, que quer competição, pois quem coloca o seu dinheiro no carnaval, que ver o seu nome no grupo vencedor”. Quanto ao argumento de que o grupo não vai conseguir figurantes, este garante que, só na diáspora, segundo dados do EdM, já foram contabilizados mais de 300 foliões a espera de uma garantia para comprar as passagens. “Não tenho a mínima dúvida de que conseguimos colocar 1000 foliões nas ruas”, garante o vice-presidente.

Neste momento o Estrelas do mar aguarda uma decisão da LIGOC para definir os próximos passos. Mas já existe uma certeza: como grupo de animação não sairá às ruas. “Vamos continuar a luta. Queremos fazer parte da liga. Queremos que a liga perceba que o que estamos a fazer é para melhorar o carnaval de São Vicente, que continua a ser do povo. Como grupo de animação não saímos de maneira nenhuma”, acrescenta. Este aproveita para desafiar a Liga e a Câmara Municipal para explicar aos mindelenses as razões para tantos entraves a decisão do Estrela de participar no Carnaval 2019 como grupo oficial

Natalina Andrade (Estagiária)

 

 

(Visited 1.304 times, 1 visits today)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here