Festa de São Manuel: Norte d’Baia pronta para receber “convidados” de toda a ilha de S. Vicente

365

Um grupo de moradores de Norte d’Baía está a fazer um enorme esforço para revitalizar a romaria de S. Manuel e levar os mindelenses a visitar com maior frequência essa zona do litoral de S. Vicente. Neste momento, a atenção está centrada na edição deste ano desse evento religioso, mas que foi associado a um programa cultural preparado para atrair festeiros de todos os pontos da ilha. A expectativa, segundo Carlos Rodrigues, é que essa pacata zona encravada entre a praia da Baía das Gatas e a praia Grande, receba um número considerável de visitantes este Domingo, 17 de Junho, e ganhe alguma vitalidade.

“A festa de São Manuel esteve parada durante quase trinta anos. A tradição foi morrendo não se sabe por que razão. Somos um grupo integrado por 10 homens e 10 mulheres que decidiu trabalhar para revitalizar esse acontecimento. Já vamos na terceira edição”, frisa Rodrigues, que está satisfeito com o crescimento da festa, que, como diz, começa a atrair a atenção de várias pessoas.

Por 17 de Junho calhar num Domingo, a organização decidiu preparar uma série de actividades religiosas e culturais ao longo do fim-de-semana. Assim, o acto religioso comporta uma procissão seguida de missa, que será celebrada por um padre em frente à escola da localidade. Já o programa cultural inclui a actuação musical de Rui Last One, Calú d’Tanaia, 100% Batida e Voz de Salamansa e ainda de grupos de teatro e de dança.

Segundo Carlos Rodrigues, a ideia da celebração do dia de São Manuel partiu de um grupo de jovens, que sequer vivenciaram a festa, uma vez que há quase trinta anos que esteve esquecida no tempo. “No entanto, ouvíamos as pessoas mais velhas fazer referência a essa data e, como há um santo ligado a quase todas as zonas de S. Vicente, decidimos pesquisar e ressuscitar o nosso São Manuel, que sempre fez parte da cultura religiosa do Norte d’Baia”, explica essa fonte, salientando que a localidade ganhou uma nova vida logo no primeiro ano. Incentivados com o sucesso, os elementos da organização querem melhorar o evento a cada edição. A ideia, aliás, é transformar o Norte da Baía numa nova atracção.

É que, como lembra Carlos Rodrigues, desde que um grupo de artistas decidiu pintar as casas do bairro com grafites, a zona ganhou uma outra beleza e energia e passou a atrair a atenção dos próprios turistas. As visitas são agora mais constantes e trazem benefícios aos residentes. Estes querem criar mais uma atracção, neste caso a festa de São Manuel.

Antigo embaixador do império persa, São Manoel é um mártir que tentou negociar a paz com o imperador romano Juliano, mas acabou preso durante uma vaga de perseguição a cristãos. Ele foi torturado e “convidado” a renunciar à sua fé. Resistiu e acabou decapitado no ano 363. Após a sua morte, o império persa conseguiu vencer o império romano e matar o imperador Juliano, que terá dito as suas últimas palavras dando a vitória a São Manoel.

KzB

(Visited 519 times, 1 visits today)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here