Festival Kavala Fresk: “Mesa” quase pronta para milhares de convidados

526

O Kavala Fresk Feastival já está com a “mesa” praticamente pronta para receber os milhares de convidados ao longo da avenida Marginal na sexta edição desse evento organizado pela empresa Mariventos, na cidade do Mindelo. Aliás, é logo amanhã à noite que começa a degustação da cavala e de outros peixes no restaurante Ponte d’Água, que serão confecionados por dois Chefs da India, dois de Macau e um de Marrocos. É mais uma aposta naquilo que a organização decidiu apelidar de “diplomacia gastronómica” e que se enquadra no plano de internacionalização desse inédito festival.

A expertise desses especialistas internacionais será partilhada com quase uma vintena dos restaurantes abertos em S. Vicente, no dia 13 num workshop no espaço da ONDS – Organização Diáspora Solidária. O grosso das actividades está no entanto programado para 14 de Julho, dia oficial do “Kavala Fresk”. A abertura será ao meio-dia em frente ao Plurim d´Pexe com a performance “Kavala Mob”, uma coreografia de rua da autoria da dançarina Noelisa Santos. A partir desse instante arrancam cerca de vinte actividades culturais, gastronómicas e desportivas ao longo de toda a orla marítima da avenida Marginal: exposição de pinturas inéditas de Tchalé Figueira, “Kavala na mei d’mar” – um show do dueto Bau e a cantora norte-americana Kavita Sha – o desfile “Kavala na Moda”, o já habitual Karnavala – espaço dedicado à promoção do carnaval – corridas de natação e de bote, espectáculos na Praça dom Luís como Mamadou Sulabanku, Jorge Sousa e Débora Paris…

Uma amostragem biológica está também agendada e será gerida directamente por técnicos do Instituto Nacional das Pescas, Biosfera I e associação Apesc. Esse momento, segundo Josina Freitas, irá possibilitar a divulgação de dados aos interessados sobre aspectos biológicos e socioeconómicos tendo em vista o uso racional dos recursos marinhos.

“Como sempre não nos esquecemos das nossas crianças e organizamos para elas workshop de culinária, um espaço de diversão e a apresentação da peça teatral Alice no país das maravilhas”, salienta Freitas, que se mostra satisfeita com o andamento dos trabalhos e a resposta do público. Até o momento os bilhetes da actuação de Bau e Kavita Sha já se esgotaram e os de outras actividades estão a seguir o mesmo rumo. A partir do próximo ano, frisa a citada fonte, os artistas cabo-verdianos poderão convidar outros colegas internacionais para shows enquadrados no programa “Kavala na mei d’mar”.

(Visited 893 times, 1 visits today)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here