FNJ: Jorge Carlos Fonseca apela ao protagonismo dos jovens

171

O Presidente da República apelou hoje ao protagonismo dos jovens que, afirma, devem ser agentes enérgicos na luta por um associativismo juvenil com estruturas fortes e autónomas, capazes de se constituirem em instrumentos de sugestão de políticas consistentes, enquanto espaços de representação e participação. Jorge Carlos Fonseca, que presidia a abertura do primeiro Fórum Nacional da Juventude que decorre hoje e amanhã na Academia Jota Monte, em São Vicente, aproveitou para anunciar a realização em Março de 2020 do Encontro Internacional da Juventude Africana, abrangendo jovens residentes e da diáspora. São esperados ainda participantes provenientes dos países da CEDEAO, da CPLP e parceiros de Cabo Verde.

O encontro, a acontecer na ilha do Sal, terá por propósito estabelecer uma plataforma de diálogo e de reflexão sobre temas relacionados com os desafios enfrentados pela juventude cabo-verdiana e do continente africano e, acrescenta o PR, permitirá aos participantes estabelecer um debate profícuo sobre temas da actualidade regional e global. Ao mesmo tempo, os participantes irão auscultar as propostas de soluções emanadas dos próprios jovens, tendo em conta os problemas que os afligem. “Queremos promover uma desejável aproximação entre os jovens africanos e estabelecer um espaço privilegiado de concertação, de partilha de conhecimento e de permuta cultural entre esses jovens, sob a bandeira da nossa morabeza, no Cabo Verde democrático”, frisou. 

Sobre o I Forum Nacional da Juventude, de acordo com o Chefe de Estado, a sua importância reside no facto de se propor uma maior aproximação entre os jovens, as suas organizações e os decisores políticos, propiciando, desse modo, a institucionalização de um espaço de diálogo que se pretende estruturado e horizontal. “É fundamental a institucionalização de espaços de discussão e de concertação como este, para que os jovens, as suas opiniões e suas preocupações possam ser consideradas na definição das políticas públicas que a eles se destinam”, reforçou. 

Neste sentido, JCF felicitou o Primeiro-ministro e demais parceiros, designadamente o PNUD e a Câmara de S. Vicente, pela iniciativa e disse esperar que saiam respostas concretas do fórum para os principais desafios que afectam os jovens e que se estabeleça um espaço contínuo de diálogo entre os poderes públicos e a sociedade civil juvenil. “É essencial que políticas consistentes sejam adoptadas no sentido de garantir o entusiamo dos jovens e a esperança no futuro e a possibilidade de estruturarem um projecto de vida saudável para si e para a Nação,” pontuou.

Comprometimento com a juventude

O representante do PNUD em Cabo Verde parabenizou o Governo pela realização deste encontro, que considerou ser o testemunho, de forma inequívoca, do seu forte comprometimento para com a juventude. Boubou Camara referiu ao facto de o PNUD, desde a primeira hora, ter aderido a esta iniciativa, como um dos parceiros, tendo em conta a sua importância para o futuro do país, do continente africano e do mundo. “A presença destes jovens nesta sala simboliza o vosso interesse e engajamento para com a prosperidade do vosso país em participar nas escolhas e opções de desenvolvimento. Este é o vosso tempo,” instigou, realçando que o mesmo dinamismo foi observado por ocasião da realização da recente cimeira africana do Youth Connect, que contou com a presença de dez mil jovens de 45 países, que aconteceu na Ruanda, e que contou com a participação de uma delegação de Cabo Verde. 

Também a coordenadora residente do Sistema das Nações Unidas mostrou-se agradavelmente surpreendida com a grande participação dos jovens e desafiou o Governo a continuar a aposta nesta camada que, afirmou, são efectivamente o maior tesouro de Cabo Verde. “São uma fonte de sonhos, ambições, energia para mudar o mundo. A juventude é a evolução de um país em permanente transformação, com uma audácia que transporta em si toda a esperança de uma nação, de um continente, de um planeta”, pontuou Ana Graça, lembrando que existem actualmente no planeta 1.8 bilhões de jovens, com idade compreendida entre 10 e 24 anos, que são a maior geração jovem da história, sendo que 90% vive em países em desenvolvimento. 

Já o presidente da Câmara de S. Vicente, Augusto Neves, enquanto anfitrião, deu as boas-vindas aos presentes e lembrou que a juventude tem sido ao longo dos tempos a grande protagonista da história nacional, na defesa da democracia e da liberdade e na diversidade da nossa cultura. Relativamente ao fórum, de acordo com o edil, a juventude cabo-verdiana é chamada a construir este novo país. Neste sentido, afirmou, a política nacional da juventude deve estar atenta às antigas e novas demandas que têm surgido desta nova geração, ampliando e diversificando os seus programas e acções. “A nossa presença aqui testemunha o comprometimento da CMSV com a nossa juventude porque, no nosso entender, constitui a alavanca indispensável para o desenvolvimento do nosso pais”, asseverou.

Estiveram presentes no fórum, para além desses intervenientes, o Primeiro-ministro Ulisses Correia e Silva, os ministros do Turismo e Economia e Adjunto do PM e do Desporto, os Secretários de Estado da Economia Marítima e da Juventude, a ministra da Juventude do Ruanda, os presidentes da Assembleia Municipal e da Fundação Tony Elumelu, eleitos municipais, a representante da juventude, Nélida Veríssimo, de entre outros.

Conforme o programa, seguiu-se um diálogo com o PM intitulado “Juventude Africana: Perspectivas e Oportunidades”, num painel que conta ainda com a presença de Tony Elumelu, do director do Centro Regional para África do PNUD, Lamine Manneh, e da Ministra da Juventude da Ruanda, Rosemary Mbabazi. O projecto Cabo Verde Konnekt sera apresentado ainda hoje, antecedendo a publicitação dos objectivos e do programa da Youth Connect. Oportunidades de financiamento, papel das comunidades no cumprimento da Agenda 2030, apresentação do projecto Empreendedorismo Social são alguns dos eventos previstos para hoje.

Estão previstas ainda a realização de actividades culturais com música, dança, demonstração de Carnaval, de entre outros, workshops sobre estilo de vida saudável, saúde sexual e reprodutiva, etc.

Constança de Pina

(Visited 256 times, 1 visits today)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here