Fundo OPEC garante 29 milhões de euros para Terminal de Cruzeiros em São Vicente

161

O Fundo OPEC para o Desenvolvimento Internacional vai disponibilizar 29 milhões de euros para financiar o Terminal de Cruzeiros de São Vicente. Esta informação foi avançada pelo vice-Primeiro Ministro, Olavo Correia, a margem da assinatura da cerimónia de um acordo de crédito de 15 milhões de dólares destinados ao financiamento das Micro, Pequenas e Médias Empresas MPME, pelo Governo e pelo Banco Mundial, na Cidade da Praia.

Trata-se de um os projectos mais importantes e aguardados para São Vicente, que se acredita vai impulsionar o país enquanto destino de turismo de cruzeiro. “São cerca de 29 milhões de euros, um montante expressivo para a ilha de São Vicente, juntamente com os projectos privados que estão também a ser ultimados. Penso que estaremos em condições de criar um quadro diferente para São Vicente, que merece e que tem todas as condições para ser uma ilha de desenvolvimento”, referiu Olavo Correia à RCV.

O contrato para o financiamento do terminal de cruzeiros será assinado em Washington, em data ainda por acordar. Segue-se o concurso público e a assinatura do contrato, com o estabelecimento do prazo de execução daquele que será o maior investimento público, em vários anos, na ilha de São Vicente. “Tudo faremos para que tenhamos uma boa gestão, capaz de reembolsar este empréstimo”, assegurou o governante.

Recorda-se que Holanda vai garantir 35 por cento a fundo perdido, no montante de 9,8 milhões de euros, dos 28 milhões orçamentados. É este montante que agora o Fundo OPEC acaba de garantir. O terminal de cruzeiros terá dois berços de 400 e 350/300 metros, respectivamente, uma profundidade de 11 metros, e será servido por uma gare marítima para passageiros, uma vila turística junto à marginal que vai ter lojas, free-shops, restaurantes, bares, pequenos museus e souvenirs.

Números avançados pela Enapor indicam que os navios de cruzeiros deixam em São Vicente mais de quatro milhões de euros por ano, mas este é um mercado em crescimento. Cada turista gasta entre 30 a 40 euros. A Enapor é a entidade nacional responsável pela promoção do turismo de cruzeiro, tendo inclusive participado recentemente na feira de cruzeiros de Miami.

Constânça Pina

(Visited 218 times, 1 visits today)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here