Gomes diz que manifestação de 05 de Julho é contra o Governo do MpD

2258

O deputado nacional João Gomes, eleito pelo MpD pelo círculo eleitoral de São Vicente, considera que a manifestação que o Movimento Cívico Sokols 2017 tem agendado para o dia 05 de Julho é contra o Governo, mais precisamente contra o Executivo do MpD. Já sobre o Estatuto Especial da Praia, que deverá chegar ao Parlamento em breve, considera que está na Lei e deve ser implementado. Mas não vai participar da socialização do mesmo porque, diz, é algo que não lhe diz respeito. “O meu estatuto especial é a Zona Económica Especial Marítima de São Vicente. Estamos a trabalhar para a sua implementação todos os dias e vou fazer questão de o socializar”, afirma.

Segundo Gomes, enquanto deputado eleito pelo MpD por São Vicente, não tem nenhuma posição em relação a esta manifestação. Aliás, frisa, o MpD nunca se posicionou sobre nenhum dos protestos que já foram realizados. E não há porque posicionar ja que os cidadãos são livres para se manifestarem. “Todos os anos tem havido manifestações em São Vicente. Sabemos que são contra este Governo. Mesmo assim, o Governo nunca deixou de trabalhar para São Vicente. Ao contrário, basta olhar em frente para ver uma obra que está a ser construída aqui”, disse o deputado, referindo-se, no caso, ao Centro Nacional de Artesanato e Design (CNAD).

O deputado entende que ninguém está a colocar em causa o crescimento de São Vicente. Por isso diz que é bom as pessoas não estarem satisfeitas e poderem se expressar. Já em relação ao Estatuto Especial da Praia, que será levado ao Parlamento em breve, Gomes diz não estar preocupado porque está previsto na Constituição desde 1999 e na altura sequer estava no Parlamento. “A lei é para cumprir. Está na Constituição e não deve ser letra morta. Agora, o mais importante para quem está a trabalhar para S. Vicente é que não podem dar à Praia aquilo que não se dá a esta ilha”, adverte.

Enquanto isso, este prefere concentrar as suas forças na concretização do ZEEM de São Vicente, um projecto que, afirma, só será implementado com aprovação de leis específicas que, felizmente, já foram elaboradas por consultores e entregues ao Conselho Estratégico. Trata-se de um órgão de que faz parte o Primeiro-ministro, o vice-PM, vários ministérios, o presidente da Câmara de São Vicente e que é presidido por José Correia. “Possivelmente, este pacote legislativo será aprovado no próximo Conselho de Ministros, seguindo depois para o Parlamento. Este sim será o grande estatuto não só para São Vicente, mas que vai beneficiar sobretudo esta ilha.”

O deputado promete, neste sentido, lutar para que este seja aprovado, evitando assim uma repetição daquilo que aconteceu com a Regionalização, que foi chumbada no Parlamento. Quanto ao Estatuto Especial da Praia, João Gomes deixa claro que não tem nada contra a cidade da Praia, mas tem tudo a favor de São Vicente, pelo que, quando chegar ao Parlamento, não pretende fugir. No entanto, escusa-se de participar na sua socialização. “O Estatuto da Praia vale o que vale. Respeito, mas não o coloco em primeiro lugar.. Se tiver que votar sim, é isso que vai acontecer. Agora espero a colaboração dos colegas em relação ao ZEEM – SV”, finaliza.

Constânça de Pina

(Visited 3.404 times, 1 visits today)

11 COMENTÁRIOS

  1. Se o Estatuto especial para a cidade da Praia não diz respeito ao Deputado Nacional, Sr. João Gomes, então o mesmo também não diz respeito a nenhum outro Deputado Nacional, excepto aos Deputados pelo Círculo Eleitoral de Santiago Sul. Assim sendo, não se entende por que é que o referido Estatuto ainda não foi aprovado, desde 1999. Bastava reunir os Deputados do referido Círculo Eleitoral e, pimba… Todo o investimento feito em S. Vicente, público e privado, pouco ou muito (porto , aeroporto, escolas, hospitais, centros de saúde, parque industrial, hotéis, etc), desde a independência a esta parte, só interessa aos São-vicentinos. O mesmo se pode dizer em relação a qualquer outra ilha de Cabo Verde. Portanto, poucos serão os assuntos de interesse nacional, assuntos esses que poderiam ser tratados por um Parlamento de 12 a 15 Deputados, que se reuniam uma ou duas vezes por ano para o efeito, cabendo tudo o que diz respeito exclusivo a cada ilha ao Parlamento Regional e ao respectivo Executivo. É a regionalização política que a UCID vem defendendo, e que eu, Santiaguense de gema, também defendo. Além de promover e talvez acelerar o desenvolvimento equilibrado das ilhas, é a única forma de acabar com atitudes e declarações semelhantes às proferidas pelo Deputado João Gomes e outros, tais como, a Praia “come no prato de S. Vicente”, que tudo o que o Governo Central faz é na e para a Praia (referindo-se ao investimento público), se há 4 voos semanais dos TACV (Cabo Verde Airlines) Praia/Lisboa, também deve haver 4 voos semanais da mesma Companhia Aérea Mindelo/Lisboa, e outras tantas lamúrias, que se tornam cada vez mais desgastantes. Já é altura de acabar de vez com essas lamúrias, e a única forma de o fazer é a regionalização política, que se traduz, utilizando a linguagem de um célebre candidato a Deputado por S. Vicente, que “cada ilha tome conta da sua cabeça”.

  2. A manifestação não será só contra o Governo, será também contra os deputados do MpD eleitos por S: Vicente que, sendo apenas paus mandados o Governo, aceitam todas as arbitrariedades do Governo contra os interesses dos cidadãos de São Vicente e será ainda contra os leitos do MpD na Câmara e Assembleia Municipal que também não se posicionam contra todas as medidas do Governo que prejudicam os cidadãos e a economia da ilha.

  3. Tu, que mais do que ninguem consegues ver todos esses investimentos em S.Vicente, estas entretanto a esquecer de muitos outros:
    Bares, sapatarias, baloi de drops, mercearias, carpintarias, lojas de sorvetes, talhos, mini-mercados, plurim de peche, etc.
    Enfim, na verdade, S.Vicvente está cheia de investimentos publicos e privados.
    Voces me estao a sair uns bons mandros!!!

  4. Bastava reunir os deputados do referido cículo (Praia) e…pimba!

    POIS!!

    É por isso que há muito tenpo vimos desmascarando essa situação que se tem procurado atingir através desse centralismo anormal;

    É isso que precisamos combater em Caboverde;

    É essa hipótese, entre outras coisas, que a regionalização pretende combater;

    No fundo, combater essa ideia fixa de tentar criar um Cabo-verde, onde uma só ilha (Santiago) decida fazer tudo o que quer, só com base em “PIMBAS”.

  5. Esta disse que S. Vicente estava a desenvolver-se depressa de mais e, portanto, era preciso parar com esse desenvolvimento, o que provocou gargalhadas dos são-vicentinos

  6. A MANIFESTAÇÃO SERÁ CONTRA TODO ESSES BANDOS DE INÚTEIS QUE SE DIZEM SER DEPUTADOS OS QUAIS MAS NÃO SÃO DO QUE UM BANDO DE manhentos desprezíveis QUE NADA FAZEM PELA ILHA/REGIÃO PARA QUE FORAM ELEITOS!!!!!
    VAMOS EXIGIR NA MANIFESTAÇÃO QUE ESTE GAJO SEJA EXPULSO DESSE CARGO DE DEPUTADO!!!!!VAMOS MANIFESTAR CONTRA O MPD MENTIROSO E CORRUPTO QUE VENDE O PAIS DEIXANDO CABO VERDE DESCAPITALIZADO E SEM PATRIMONIO; VAMOS MANIFESTAR CONTRA UM GOVERNO QUE USA DA MISÉRIA DAS PESSOAS PARA FAZER CAMPANHA FORA DE ÉPOCA; VAMOS MANIFESTAR CONTRA UM PRESIDENTE DA REPÚBLICA QUE VIVE DE FESTAS, COMILANÇAS E BEBEDEIRAS E DEPOIS FAZ CAMPANHA “menos álcool, mais vida”, VAMOS MANIFESTAR CONTRA A CENTRALIZAÇÃO DOENTIA DESSES SUCESSIVOS GOVERNOS QUE SUGAM O PAÍS EM PROL DA CAPITAL. VAMOS MANIFESTAR CONTRA ESSE DESRESP+EITO COM QUE NOS TEM TRATADO APRESENTANDO MIL PROJETOS SEM QUE NADA SEJA POSTA EM PRÁTICA E NÃO QUEREMOS SABER NEM DE PAICVISTAS OPORTUNISTAS!!!! QUEREMOS GENTES DE SÃO VICENTE UNIDA E SE OS DEPUTADOS DESTA ILHA NÃO ESTIVEREM PRESENTE CONSIDERAREMOS ESTE CONTRA A ILHA E QUEREMOS A CABEÇA DESSES MANHENTOS!!!!!

  7. Bom manifestason pa paigcv de S.vicente nhos sta encaminha pa quarto ou quinto ilha na desenvolvimento visto qui Sal sta segundo em crescimento Boa vista e Santo Anton em crescimento pa
    terceiro e quarto s.vicente nhos em vez di nhoz ba trabadja nhos crè sai na rua pa fazi festa depois ca nhoz razmunga

    • Quem é você seu comilão, bairrista, quem e você ignorante, para nos mandarem ir trabalhar, ou já esqueceu da statisticas publicadas há menos de um em que foi provado que os trabalhadores de S. Vicente são mais productivos em C.V!!! Voces trabalham muito, na pirataria, corrupção, no tráfico de estupefaciente, etc,etc,etc, vai dar lições la para outras bandas

  8. A manifestação promovida pela Sokols é um acto de cidadania

    Não é contra nenhum partido político.

    Mas é natural que o poder sinta mais incomodado.

    Um bom democrata respeita.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here