Governo autoriza Tesouro a conceder aval de 518 mil contos à CV Interilhas

1242

O Governo autorizou hoje a Direcção-Geral do Tesouro a conceder um aval de 518 mil contos à Cabo Verde Interilhas para garantia de um empréstimo bancário a ser negociado por esse consórcio vencedor do concurso de transporte marítimo com a Caixa Económica e a Internacional Investment Bank – IIB. A decisão saiu no Boletim Oficial, que entretanto não especifica como esse montante será aplicado.

O Executivo justifica apenas que essa medida é de manifesto interesse nacional para o sector dos transportes marítimos de carga e passageiro, devido aos “importantes benefícios económicos e sociais que o projecto irá proporcionar”. A disponibilidade desse montante tem por objectivo, conforme ainda a resolução, ajudar a empresa na implementação da estratégia estabelecida no plano de negócios.

A resolução não especifica se o valor será aplicado na aquisição de navios, tal como está previsto, mas é certo que até hoje a CV Interilhas tem estado a funcionar com as embarcações das companhias armadoras estabelecidas no mercado nacional há vários anos e que fazem parte da sociedade, com 49 por cento do capital social. O início das operações aconteceu a 15 de Agosto, mas a qualidade do serviço foi amplamente contestada pelos utentes da rota marítima Porto Grande – Porto Novo. Alvo de várias críticas, a companhia prometeu corrigir as falhas inicialmente detectadas e normalizar a venda de bilhetes naquela que é a linha mais concorrida do arquipélago. Apesar das críticas, a CV Interilhas assegura que reorganizou e melhorou a prestação do serviço marítimo no país.

(Visited 1.827 times, 7 visits today)

20 COMENTÁRIOS

  1. Mais essa empresas foi elegida no concurso por ganhadora o perdedora !!!???? Q FRUDE e’ esse ? Esta empresas não pode sustentar-se ? Tem muitos Arnaldo $ilva$$$$ neste pais .

  2. É simplesmente chocante e o governo deve ser chamado ao parlamento.
    É grave que quem se propõe salvar-nos acabam sempre debaixo do capote do governo.
    Não dá para reconhecer o Olavo.

  3. Vergonha nacional.
    “Empresta-me dinheiro se queres que eu invista no teu país de bosta”.Lembro-me do que aconteceu com o antigo clube 21 que é agora PRAIA SHOPPING.Uma vergonha.Um dia, os politicos corruptos serão julgados porque os cabo-verdianos vão abrir os olhos e levantar-se-ão contra os ladrões do povo.

  4. NACIONALIZA FAST FERRY E ENTREGA BARCOS AOS PORTUGUESES. DA-LHES UM AVAL DE 5 MILHOES DE EUROS. MAS QUE RAIO DE CONCURSO FOI ISSO? SR. PROCURADOR ESQUECE CASO NANA SILVA – AQUI ESTA UM TUBARAO QUE PODE SER PESCADO RAPIDO – DE GANHADOR DE UM CONCURSO INTERNACIONAL A PARAZITA A COMER OS RECURSOS DO POVO; TUDO BEM ARRANJADO POR OLAVINHO.

  5. ahahahaha

    Negócio de DODU KU SABIDU” sinceramente …

    Quem não gostaria de fazer grandes negócios assim ???

    Essa empresa, NÃO TEM CAPITAL, NÃO TEM BARCOS e DESCONHECEM O MERCADO … dessa leitura, poderemos concluir que estamos perante TESTAS DE FERRO de gente graúda no governo !!!

  6. Papa Francisco fla pa juventude rebeldia perante desmandos e currupcao desgoverno como és de Cabo Verde e pés podi parti dinheiro portanto só tugas podi meti nes malandrice és é bom nisso parcem se bai sim Cabo venderem que libertado oro bes e meti és quentis tudo nacadeia

  7. O governo de Cabo verde, MPD, nao tem culpa do que estao a fazer. O culpada é quem votou neles.
    Coitado é dos que nao voteram neles e dos que vitaram em branco ou nao foram votar.
    Meu querido caboverdeano, voce merece o que tem neste momento, mas tudo pode mydar, agora a faca e o queijo esta nas suas maos.
    O MPD so esta a fazer o que lhe compete, ROUBAR DO POBRE E DIVIDIR COM O RICO.
    O povo tem o podet de mudar tudo, Portanto meus caros, vamos a luta e preparar para derrubar o nepotismo, a escravidao financeira e o roubo gratuito.
    MPD é a VERGONHA dos que neles votou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here