Governo evita questões do Mindelinsite sobre Estatuto Especial da Praia e a manifestação do Sokols

932

O Governo evitou, deliberadamente, responder duas questões remetidas pelo Mindelinsite sobre o Estatuto Especial da Cidade da Praia, cuja proposta será votada pelos deputados no próximo mês de Julho, e a manifestação que o movimento cívico Sokols 2017 pretende realizar no dia 05 de Julho, em São Vicente. Esta é a conclusão que este órgão chegou depois de aguardar 21 dias pelas respostas.

As perguntas foram enviadas no dia 28 de Maio, através do Gabinete de Comunicação e Imagem do Governo, após confirmação de que este seria o melhor canal de comunicação com o Palácio da Várzea. Deste modo, o Mindelinsite indagava se o Governo iria fazer sessões de esclarecimento nas ilhas/municípios sobre o conteúdo da proposta do Estatuto Especial, tal como aconteceu com a Lei da Regionalização, e quando. Em caso negativo, o jornal pedia ao Governo para justificar essa decisão. Além disso, o Mindelinsite perguntava ao Governo qual a sua posição sobre a manifestação que o Sokols vai realizar na cidade do Mindelo, em parte por causa do Centralismo e atribuição do Estatuto Especial à Capital.

No mesmo dia, a informação foi recebida pela assessoria do Governo, com promessa de retorno. No dia seguinte, este jornal foi informado que o membro do Governo indicado para responder as questões era o Ministro de Estado Elísio Freire, mas que este, por questões de agenda que se prendiam com os preparativos para a sessão parlamentar, não estaria disponível nessa semana. De imediato, a redacção do Mindelinsite agradeceu a informação e mostrou disponibilidade em aguardar para a semana seguinte.

Volvidos 8 dias, a 7 de Junho, este jornal voltou a lembrar a assessoria do Governo que ainda estava à espera das respostas e que contava obte-las no dia 10, uma segunda-feira. No dia 13, o jornal foi informado pelo gabinete de imprensa do Executivo que seria impossível remeter-nos as respostas uma vez que “a pessoa que poderia responde-las” estava ausente.

Tendo em conta o tempo decorrido, mais que suficiente para o Governo responder a duas simples perguntas, este jornal prometeu fazer um texto a relatar essa situação. É que este caso deixa passar a ideia de que o canal de comunicação funciona só num sentido: do Governo para os órgãos de comunicação social, através das notas de imprensa.

As perguntas abordam dois temas de actualidade pelo que o Mindelinsite continua aberto a noticiar a posição do Governo, se e quando o Palácio da Várzea entender falar.

(Visited 1.550 times, 1 visits today)

1 COMENTÁRIO

  1. Meus caros jornalistas se ouveçe alei de transparençia em Cabo verde Estes politicos maioria ja estava na prizaõ por roubar o povo prinçipal nos os emigrate

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here