Homem detido em S. Vicente na posse de arma de fogo, munições e punhal

815

A Judiciária deteve ontem em S. Vicente um homem na posse de uma arma de fogo “boca bedjo”, uma pistola, munições e um punhal de aço. Estes materiais foram encontrados na residência do indivíduo, que foi surpreendido pela acção da PJ.

A Judiciária, que não avança dados pessoais sobre a pessoa em causa, agiu com base num mandado de busca e apreensão e acabou por prender o suspeito pela alegada prática de crimes de armas. O indivíduo foi apresentado esta manhã ao Tribunal de S. Vicente e ainda está a aguardar as medidas de coação.

Na mesma nota enviada à imprensa esta manhã, a PJ informa ainda que capturou ontem um homem suspeito de ter roubado cerca de dois mil contos do Centro Comercial Khim Negoce, na cidade da Praia, na madrugada do dia 16 de Junho. O suposto autor do crime, que era trabalhador da empresa, usou a parede do lado traseiro do prédio da IGAE para entrar no estabelecimento comercial e apoderar-se do dinheiro, sendo um milhão, seiscentos e nove mil escudos em euros. O mesmo será apresentado hoje às autoridades judiciárias para saber se fica a aguardar o julgamento detido ou em liberdade.

(Visited 1.261 times, 1 visits today)

4 COMENTÁRIOS

  1. Como é que esse boca-bedju veio parar a S.Vicente??
    Não, não, não! Assim não vai dar.
    Será que vamos ter de criar polícia de fronteiras, ou muros, entre as ilhas deste país?
    Porque é que a PJ não diz quem é esse indivíduo? De que ilha?

    • Para qui ignorancia rapaz. Boca bedju é uma arma artensanal. Pode ser feito por qualquer un que tem un torno e outros equipamentos de oficina. Pode ser feito em qualquer lugar. ou bo ta otcha que pessoas que na Santiago que tal faze boca bedju tme um “grande segredu” guardo a sete chaves como fabricar um baco bedju ?

  2. Jornais caboverdianos em geral e jornalistas que estão em CAbo Verde (incluindo os portugueuses que são da Expressso das ilhas e Inforpress) são Agentes (uns mais conscientes que outros) de Propagação de FAKE NEWS. Say What ??? Pois é. Vejamos a noticia de ha dias do triste morte do policia. No mesmo dia e para tentar cobrir a situação alarmante INFORPRESS LANÇA PARA A COMUNICAÇÃO SOCIAL que estava detido um dos autores do homicidio. Dia seguinte o tal individiuo que estava suspeito de matar um agente de PN foi simplesmente mandado para casa. Assim. Mandado para casa. Ora Inforpress que inventou a estorinha não poderia ficar mal. Então o qeu fazem ? Inventam uma nova estoria que o individiuo ficou sob TIR. SAY WHAT ????? Alguem ta lomba Agente de Polciia tiro e fica sob TIR ??? Quando a coisa ameaçava tomar proporções de tragico-comedia a propria PJ emite um comunicado dizendo que o tal individuo que INFORPRESS DIZIA SER O AUTOR DO CRIME AFINAL … nunca foi tido como tal e que PJ nunca teve o homem detido sendo qeu este só foi para la prestar esclarecimentos …

    Jormalistas caboverdeanos e principalemtne os de EXPRESSO DAS ILHAS E INFOPRESS são AGentes de Propagação de Historias falsas cujo objetivo normalmente é abafar outras estorias ou tentar deixar bem a acção de governantes. Isso tem um nome > FAKE NEWS.

  3. Ignorância é pensar que para fazer boca-bedju artesanal, basta só conhecer o segredo do fabrico (isto é, aprender a fazer).
    Ninguém é mais inteligente que ninguém para ser mais capaz de aprender a fazer.
    É preciso também, ter vontade de fazer. Ter uma cultura de fazer.
    E o que não queremos, é que essa vontade, essa cultura, começe a se espalhar para todo o país.
    As forças do bem têm de influenciar as forças do mal, e não o contrário.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here