JPAI denuncia falta de sensibilidade do Governo e gastos excessivos num ano de seca

91

A Juventude do PAICV diz-se preocupada com a falta de sensibilidade do Governo que se dá ao luxo de autorizar gastos de milhares de contos dos cofres do Estado na renovação de carros de todo o Estado e os serviços da sua administração directa num ano de seca em que o país e a população está a passar por grandes dificuldades.

Segundo Fidel Cardoso de Pina, que falava em conferência de imprensa após uma vista à ilha de São Vicente, esta atitude do Governo é uma irresponsabilidade enorme para com os cabo-verdianos e, principalmente, para a nossa juventude que enfrenta os principais problemas que assola a nossa sociedade. Uma irresponsabilidade que, conforme Fidel, recai sobre o Primeiro Ministro Ulisses Correia e Silva enquanto chefe do Governo.

Numa altura difícil no país, em que o custo de vida tem aumentado de forma significativa e com tantas dificuldades para com os cabo-verdianos, mas sobretudo para a juventude, este comportamento irresponsável  com o nosso povo estende-se às Câmaras Municipais por todo o país”, denuncia, citando como prova deste gasto a lei de execução orçamental de 2017 e o despacho n 32 do Gabinete do Primeiro Ministro de 31 de Dezembro de 2017.

Fidel Cardoso diz também não entender como as Câmaras Municipais investem tanto dinheiro em festivais quando há gente que enfrenta actualmente grandes dificuldades, das mais básicas e elementares como a falta de água, o difícil acesso à saúde ou fome.

Não queremos por em causa a importância cultural dos festivais, principalmente no tocante às vertentes de entretenimento e à promoção da música. Mas festivais em exagero terão um elevado custo de oportunidade para o nosso futuro. Por um lado, provoca a perda da nossa juventude por via da promoção do consumo de álcool e ainda um elevado custo para os bolsos dos cidadãos cabo-verdianos”, enfatiza o dirigente nacional da JPAI, para quem este dinheiro deveria ser canalizado para a promoção do desenvolvimento social e económico, na implementação de programas para combater o desemprego jovem, no fomento a formação, para a habitação, o desporto e o empreendedorismo.

Por isso, defende uma mudança de postura por parte das edilidades camarárias, principalmente em São Vicente onde o presidente deve ser o primeiro exemplo. Isto porque, conforme aponta, a juventude mindelenses quer mais oportunidades de crescimento, mais incentivos para o desenvolvimento, emprego, educação, assim como o cumprimento das promessas de campanha tanto do Governo como da CMSV que precisa de um edil que zela pelos interesses dos munícipes e não um delegado de Governo de serviço.

Censura por parte da TCV

Na mesma ocasião, o presidente da JPAI também denunciou a “falta de respeito  e censura da TCV” por não ter comparecido à conferencia de imprensa com desculpa de que “conferência não é motivo para cobertura jornalística”. De acordo com Fidel Cardoso de Pina, não é a primeira vez que situações dessa acontecem. Por isso mesmo, o líder desta juventude partidária afirma que vai apresentar uma denuncia por escrito sobre este caso.

Isso só demostra a tentativa de censura da Comunicação Social. Querem calar a JPAI, mas nós queremos deixar claro que nós não calaremos e  que a juventude continuará a lutar por este país.Sinceramente é uma grande falta de respeito por parte da TCV em nos comunicar agora que esta  conferencia não é motivo para cobertura jornalística

Este acto de censura é uma vergonha para o país. Acho que o Ministro que tutela a pasta da comunicação social deve ver como resolver isso porque não pode ser. A imprensa tem que ser livre, o exercício da democracia tem que ser livre e não pode haver censura especialmente num país em que a maior parte é constituído por jovens. Isto não pode acontecer. Há uma afronta contra os jornalistas e contra a juventude partidária”, critica Fidel prometendo ir  até as últimas consequências porque isso não pode acontecer.

Carina David

(Visited 231 times, 1 visits today)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here