Março Mês do Teatro à porta: Quinze espectáculos e duas estreias absolutas

171

“Alice no país das maravilhas” e “Crónicas de Mindelo”, esta da autoria do cronista Rocca Vera Cruz, são as duas estreias absolutas da 18ª edição de “Março Mês do Teatro”, evento organizado pela associação Mindelact, que começa no primeiro fim-de-semana do próximo mês. Interpretadas pela companhia Criarteatro e o Grupo de Teatro do Centro Cultural Português – que celebra este ano o seu 25º aniversário -, as duas peças fazem parte de um lote de 15 espectáculos/performances que serão apresentados no Centro Cultural do Mindelo, na ALAIM e no Quintal das Artes.

Segundo João Branco, apesar de “Março Mês do Teatro” ser um acontecimento que teve o baptismo e conceito criados pela associação Mindelact, cada grupo e cada projecto tem a liberdade de fazer as suas produções. Mas sublinha, sobretudo, a união dos grupos para que este acontecimento fosse possível. “O que nós procuramos fazer neste mês é congregar os grupos de teatro existentes no Mindelo e desafiá-los a apresentarem um espectáculo. Aliás, muitos deles nem precisam deste incentivo porque já fazem a sua programação sabendo que em Março vão estrear um espectáculo da sua exclusiva responsabilidade. Março é também um mês em que nós aproveitamos para alimentar aquilo que consideramos ser fundamental para o crescimento do teatro em Cabo Verde, em especial em São Vicente, que é a união dos grupos de teatro do Mindelo”, realça o encenador.

A abertura do Março Mês do Teatro acontece na primeira semana de Março com a apresentação da peça “Romeu ma Julieta, uma tragédia crioula”. Quanto a “Crónicas do Mindelo”, segundo João Branco, surgiu de um desafio que lançou a Roca Vera-Cruz, motivado pela reacção que os seus textos sobre as suas vivências no Mindelo criaram nas redes sociais. Este espectáculo, que é também uma das três estreias que o GTCCPM vai apresentar este ano, va trazer actores que há muito tempo não tinham pisado os palcos, mas que já têm um nome consagrado nas artes cénicas em São Vicente e outros da nova geração.

É um espectáculo que comemora várias coisas: os 25 anos do grupo, a cidade que nos viu nascer, a cidade que é matriz da nossa identidade cénica, mas também coloca em palco várias gerações de actores, muitos deles que já não subiam ao palco há muito tempo, como Nuno Delgado, Fonseca Soares, Zenaida Medina, entre outros que vão voltar a este palco. Vamos misturar as gerações para celebrar. Vai haver música ao vivo com letras originais de João Carlos Silva e voz de Eliana Rosa”, acrescenta João Branco.

A outra estreia é “Alice no País das Maravilhas”, da Comapanhia Criarteatro, que neste mês completa três anos, e será apresentado no Quintal das Artes nos dias 17 e 18, com reposição nos dias 24 , 25, e 31 de Março. Serão 14 actores provenientes de vários grupos que vão levar uma proposta de um espectáculo infantil, mas desenhado para toda a família.

Há no entanto mais novidades. Nos dias 17 e 18 de Março haverá uma exibição do “Hastag”, encenação resultante da Oficina Ganga na ALAIM. O espectáculo fala da dependência que a internet e as redes sociais causa, principalmente junto dos adolescentes. Ainda na ALAIM, o grupo Somacambá coloca em cena a encenação “Eu já fui assim”, para no dia 17 a Trupe Pará Moss actuar com a peça “Luz já bai”.

A segunda edição do projecto Blimundo, feito por um colectivo de 10 actores, que desde o ano passado tem percorrido as escolas do Ensino Básico, também estará no Março Mês do Teatro. Assim sendo, o trabalho será apresentado no dia 11 de Março no pólo de Fonte d’Inês e no dia 18 em todas as escolas da zona de Calhau.

O teatro vai também estar presente na escola secundária Jorge Barbosa, que irá receber no dia 27 a peça “A cultura da paz”, um espectáculo feito por alunos do 12 ano da ESJB junto com o Grupo Coral, cuja temática gira em torno da violência contra as meninas e as mulheres. A companhia 50 Pessoas estará também em acção com “Mamamia”, um musical escrito por Catherine Johnson, mas adaptado a uma versão crioula. O espectáculo de 70 minutos envolve não só actores, mas também jovens que estão a despontar-se na música em São Vicente.

CD

(Visited 176 times, 1 visits today)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here