Miguel Monteiro “ressuscita” polémica das chaves do jogo Ultramarina X Mindelense

1993

O deputado nacional e secretário-geral do MpD, Miguel Monteiro, “ressuscitou” através de uma publicação no facebook a polémica do sumiço das chaves do Estádio Orlando Rodrigues para o jogo Ultramarina X Mindelense, referente à 1a mão das meias-finais do Nacional de Futebol na época passada. Junto com duas fotografias, Miguel deixou a seguinte descrição. “Finalmente conheci o famoso homem das chaves do Estádio Municipal no Tarrafal de São Nicolau…”

A ousadia de Miguel Monteiro suscitou alguns comentários, principalmente de João Santos Luís, deputado nacional da UCID, eleito pelo círculo de São Vicente, que não achou piada nenhuma. “Tu bem sabes que aquela atitude prejudicou a outra equipa, talvez foste beneficiado com isso”, escreveu João Luís para depois acrescentar que “ para além de prejudicar uma equipa colocou em causa o sector do desporto nacional, prejudicando muita gente”.

Em resposta, Miguel Monteiro fez questão de realçar “ que outros acham piada… e muita! ” à esta situação que impediu o jogo da primeira mão das meias-finais entre Ultramarina e Mindelense. Esta publicação foi também partilhada pelo presidente da Câmara Municipal de São Nicolau, José Freitas de Brito que, na altura da polémica, foi um dos acérrimos defensores do clube Ultramarina e também justificou numa declaração na Comunicação Social que a porta do estádio não foi aberto porque a Federação Cabo-Verdiana de Futebol não fez o pedido neste sentido à câmara que é dona dessa infraestrutura municipal.

No facebook de Freitas de Brito várias foram as reacções, algumas a brincar com a situação e outros a defender que Tarrafal de São Nicolau tem várias preocupações e outras coisas importantes para mostrar e não a “chave da polémica”.

(Visited 2.046 times, 1 visits today)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here