“Mindel Fantasy”: Vlú critica CMSV e pede votos contra Augusto Neves

2864

O músico Vlademiro “Vlú” Ferreira pediu ontem à noite aos mindelenses para votarem contra Augusto Neves nas próximas eleições autárquicas e expulsem do Paços do Concelho esse “Presidentim” que, nas palavras dele, não tem nada a ver com a ilha de S. Vicente. “Gasta quatro a cinco mil contos com um grupo de fora, mas nega dar um centavo para vos proporcionarmos este ambiente de Carnaval de borla. Esta ilha precisa de um Presidente de valor, que respeita S. Vicente, não de um individualista”, criticou o artista em alto e bom som, para logo depois dar a ordem de arranque do aguardado desfile de “Mindel Fantasy”.

Foi uma caravana “mínima” a que partiu da praceta Dom Luís nesse show que marcou os 10 anos desse evento lançado por Vlú para diversificar a oferta cultural na cidade do Mindelo, por altura do Carnaval. Conforme um elemento do staff, à saída do trio eléctrico estava presente apenas uma ala composta por cerca de sessenta pessoas, além de um grupo de mandingas da Ribeira Bote. Para um desfile que costuma reunir cerca de mil figurantes, além de milhares de curiosos, foi notória a quebra de participação dos foliões, ainda mais num ano em que a organização estava a oferecer prémios valiosos para o Rei e Rainha Mindel Fantasy e as melhores alas universitária, jovem, adulto e de zona.

Mesmo assim, o trio eléctrico entrou pela Rua de Lisboa com a folia típica dos mandingas e acompanhado por uma multidão de curiosos. Apesar da forte presença da equipa de segurança – composta por militares, agentes da PN e empresa privada -, houve quem tenha conseguido infiltrar-se na caravana e dar mais entusiasmo à festa, que terminou duas horas depois.

O trio eléctrico foi o último grupo de animação a sair ontem pelas artérias da cidade do Mindelo. Para hoje estão previstos mais sete desfiles instantâneos a partir das dez horas. O primeiro grupo a invadir o centro da cidade é a Escola Portuguesa do Mindelo, o único “assalto” previsto para o período da manhã, conforme o programa oficial. O período da tarde promete no entanto uma folia intensa. Estão programados os desfiles de mandingas provenientes de várias zonas e o tão esperado show dos professores, que ganha notoriedade a cada festa do Entrudo pela qualidade da apresentação e os temas escolhidos. Este ano, os docentes resolveram contar a história da ilha de S. Vicente através de onze alas.

Para a noite deste Sábado estão previstos os ensaios técnicos do Samba Tropical e do impressionante grupo de Monte Sossego. O “Samba” irá deslocar a sua bateria para a Rua Fernando Ferreira Fortes, mesmo à porta da residência da cantora Cesária Évora (figura homenageada no desfile deste ano), enquanto o Montsu vai estar em plena Rua de Lisboa, coração do Mindelo, com toda a sua “armada” de foliões e percussionistas. O grupo, que deverá colocar no asfalto nada menos que 1800 pessoas, pretende afinar alguns aspectos técnicos, um deles o recuo da bateria, que este ano será composta por 150 tocadores.

A três dias do concurso oficial, os ensaios estão ao rubro e sucedem-se momentos emocionantes. Ontem, por exemplo, a quadra do Samba Tropical foi palco de dois grandes acontecimentos: a visita da direcção e bateria de Flores do Mindelo e a apresentação oficial da emigrante Lita Morena como rainha da bateria dessa escola de samba.

Kim-Zé Brito

(Visited 2.931 times, 1 visits today)

3 COMENTÁRIOS

  1. E verdade que o Mindel Fantasy teve menos participantes em termos de Alas, mas a multidao habitual juntou-se ao desefile do Trio Eletrico do Mindel Fantasy assim que terminaram os ensaios dos grupos de Terca Feira, de tal forma que quando a plataforma do Trio chegou no fim da Rua De Lisboa a rua estava completamente cheia com a multidao que ia atras do Trio. Os 100 mendingas que fesfilaram mais duas Alas mais a multidao foram suficientes para dar corpo e sucesso ao desfile do decimo aniversario fo Mindel Fantasy. A parte mais importante do desfile do Mindel Fantasy e a multidao. Quando o Trio chegou a Praca Nova a multidao atingiu o maximo e festa do Trio exuberou-se. O som estava impecavel e potente e a banda actuava cheia de vibe.
    Porque e que o Mindel Fantasy teve menos Alas apesar de ter oferecido grandes premios. Primeiro porque o Carnaval caiu sobre as festas do fim de ano. O pessoal ficou sem dinheiro. Segundo porque todos os sintomas indicam que a
    Economia popular de Mindelo esta cada vez mais fraca. A juventude e um grande numero de familias de Mindelo vivem com salarios que rondam 12 a 25 contos. Terceiro porque este ano ha uma grande espectiva no sentido de este ano vir a acontecer o melhor Carnaval de sempre dos Grupos oficiais de Mindelo. Isso tera arrastado e focado toda a juventude e as suas fracas inergias financeiras nos Grupos de Terca Feira. Sao Vicente esta tao fraco financeiramente que este Sabado antes do Carnaval que costumava ter uma media de 8000 pessoas em 4 a 5 festas este ano so teve uma unica festa de cerca de 1.500 pessoas apenas. A festa da Dona Amparo. Essa que fe facto foi unica fedta feita. As outras todas bufaram. Ate a festa fo DEventos bufou. As
    Energias populates de Sao Vicente estao tao fracas que a maior parte dos grupos oficiais de Terca Feiras estao a patrocinar roupas de participantes nos seus desfiles para poderem garantir quorum grandioso e ir de encontro as expectativas
    criadas sobre o Carnaval de 2018. Mesmo assim a juventude e classe media podendo preferem as festas e acividades mais caras. Sao Vi ente e assim.

  2. Em termos de Alas de facto este ano so houve duas Alas por razoes que tem a haver com o fraquissimo momento da economia popular de Sao Vicente.O povo, a juventude de Sao Vicente e a maior parte das familias de Sao Vicente sobrevivem numa crise conjuntural grave de falta de empregos salarios de miseria que apenas pagam uma refeicao lor dia nas fabricas nos hoteis e nos empregos em lojas chinesas,empresas de pseudo investimento externo, bares e restaurantes de fraquissimo movimento.. O povo e a juventude de Mindelo estao sem dinheiro.Sao Vicente esta sem dinheiro. . Nao obstante isdo a Camara de Sao Vicente da se ao luxo de esbanjar desnecessariamente com bandas brasleiras. As duas Alas mais os cem mandingas e a multidao como sempre se juntou ao Trio Eletrico do Mindel Fantasy quando o Trio eletrico chegou no fim da Rua de Lisboa fizeram como sempre a festa do Trio eletrico a base de um som fortissimo e desta vez de uma qualidade inquestionavel,do Benvindo Som, que assistiu o desempenho cheio de vibe da banda. A situacao financeira do Povo de Mindelo e da sua juventude e tao fraca que a maior parte dos grupos oficiais da Terca Feira patrocinaram mais de metade das roupas dos desfilantes para poderem garantir desfilantes suficiente na perspectiva da grandiosidade que se propagandeou para o Carnaval de Mindelo fe 2018. Note se que este ano o Carnaval caiu perto de mais das festividades do fim fe ano. Essa publicidade fez as pessoas focarem os seus magros recursos na sua participacao nos grupos de Terca Feira e no Samba Tropical. A situacao financeira de Sao Vicente ficou a nu neste Sabado antes do Carnaval que costumava ter 4 a 5 festas grandes de aproximadamente 6, a 8.000 pessoas. . Este ano isso nao aconteceu. Este ano so houve uma festa de 1700 pessoas. Todas as outtas festas incluindo a do DEventos bufaram por falta de aderencia.

  3. Vlú é bom moço, bom artista, mas ele deve deixar dessas brigas que não lhe leva a lugar nenhum, pelo contrário ele está a perder. Deve procurar seguir a sua carreira artística. Eu sou amigo dele há vários anos e gostaria, se quiser, que ele seguisse o meu conselho. Quero crer que o problema dele o o Augusto é pessoal. Eles deviam marcar um almoço e conversarem e resolverem este caso e depois apertarem as mãos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here