Mindelense, o Campeão! Mindelense, os Vencedores!

305

Por Nelson Faria

Antes de mais, acima e primeiro de tudo: PARABÉNS CAMPEÃO, MINDELENSE! Parabéns Direcção, Parabéns Staff de apoio, Parabéns ao Treinador Rui Leite, já voltarei a mencionar-te, Parabéns equipa, toda ela, por proporcionar a todos os Mindelenses e a São Vicente mais esta alegria. Afinal, como disse o Rui “Nôs ê Mindelense, Nôs ê Soncent!” Sem dúvidas, isto orgulha-nos. Sabemos todos o que esta vitória significa e o que levou para ser conseguida.

Em ano de centenário, deixamos os adversários sem comentários, ganhamos sem espinhas, com brilho, glória, determinação e muita, muita emoção. Vimos o maior clube de futebol deste país sagrar-se campeão. Fez por merecer e mereceu vencer. Aliás, regista-se que nesta época de centenário o Mindelense fez uma época fenomenal onde ganhou: o Torneio de Abertura, o Campeonato Regional, a Taça de São Vicente e agora o maior troféu de todos, o título nacional.

Vitória deliciosa pela forma como foi conseguida. Pelo brilhantismo da exibição, pela determinação e garra, sobretudo nas adversidades. Felizmente a boa energia enviada de Mindelo chegou, felizmente não foi necessário barco ou avião para isso, felizmente  os Mindelenses no Sal  fizeram-se presente, felizmente a equipa, mesmo fora, sentiu-se, em casa. Este é o Mindelense, um clube deveras de dimensão nacional.

Que recepção calorosa a de ontem! Ainda bem. Que se repita, se calhar com outras proporções e também com outras representações oficiais. Mindelense merece e todos os guerreiros conquistadores, dentro e fora do campo, merecem este carinho e aclamação. Mais uma vez, PARABÉNS a todos que de forma directa e indirecta, no campo ou nos bastidores fizeram o Mindelense Campeão Nacional 2018/2019!

Vendo as lições do jogo não poderia deixar de fazer esta metáfora e sonhar… Vejamos, com as adversidades que temos tido, falhadas algumas oportunidades, com dose de culpa própria, o adversário sente-se super poderoso e coloca-se à frente, ademais por pensar que a nossa casa é dele, mas, sem travão e Pibip, o Papalelé que representaria o povo Mindelense, aparentemente frágil, mas não é, com dose de habilidade, talento, técnica, potencial e mentalidade vencedora de topo, de repente, com mestria, lucidez e expertise vira o jogo a favor do Mindelense e dos Mindelenses. Isto tudo, claro, se bem organizados, como foi o trabalho da Direcção e do Staff e bem comandados na execução, como foi o trabalho do coach Rui Leite.

Creio que esta é a mensagem principal que poderíamos tirar do jogo. Não somos fracos, nem nos devemos nos fragilizar, apesar de tentarem conotar- nos dessa forma. Somos bons, temos talento, temos potencial e podemos vencer sempre, em todas as áreas, todas, onde estivermos empenhados, desde que a nossa determinação e vontade sejam as demonstradas pelo Mindelense. Obrigado equipa por mais esta lição. Do sonho, é simples: E se trocássemos de Rui na Selecção nacional? Sei que é complicado e provavelmente improvável neste momento, mas não custaria tentar. Acho que Cabo Verde também ganharia.

Mindelo, Mindelenses e Soncente agradecem ao CAMPEÃO MINDELENSE CENTENÁRIO, OS GUERREIROS CONQUISTADORES!

(Visited 547 times, 1 visits today)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here