Mindelo Capital Cabo-verdiana da Juventude: Jovens desafiados a reinventarem-se

214

Mindelo vai ser durante os próximos seis meses a Capital Cabo-verdiana da Juventude, respondendo assim ao desafio lançado pelo Secretário de Estado da Juventude em Abril, por altura do Festival da Juventude e das celebrações dos 140 anos da cidade. Trata-se de uma iniciativa-piloto, que se pretende institucionalizar em Cabo Verde e que tem como objectivo cimeiro projectar a nível nacional e internacional as cidades que se distingam por desenvolverem projectos direccionados para a juventude.

A apresentação deste projecto inédito em Cabo Verde, que é co-financiada pela SE da Juventude, Câmara Municipal e parceiros, coube a vereadora da Cultura, Solange Neves, para quem, com esta iniciativa pretende-se posicionar esta cidade a nível das políticas para a juventude e desenvolver uma dinâmica nesta área, em termos de vida cultural, social, política e económica.  “Pela importância dos jovens no desenvolvimento das suas localidades e de Cabo Verde, devemos cada vez mais possibilitar-lhes mais vezes e voz para que possam aprimorar os seus conhecimentos e colocar em prática os seus desejos. Esta iniciativa surge como forma de dar foco à juventude cabo-verdiana por forma a demonstrarem as suas potencialidades a nível social, cultural, desportiva, de entre outros”, referiu.

Neste sentido, foi elaborado um vasto programa, que arranca este mês com auscultação dos jovens nas suas comunidades, através de workshops. Em julho inicia, efectivamente, a implementação deste projecto-piloto, que vai até ao mês de Dezembro. “Teremos um leque de actividades que passam por um ´Flash Mob` (mobilização juvenil) para o lançamento do Mindelo Capital Cabo-verdiana da Juventude e o Fórum Youth konect, que será realizado pela Secretaria de Estado da Juventude, junto com a Câmara Municipal e outras entidades. É um fórum internacional com a chancela do Estado, mas que terá a sociedade civil como impulsionadora”, explica Alveno Soares.

Este jovem activista, que se apresentou como da sociedade civil envolvido nestas actividades, destaca para Agosto a realização de um “Show de Talentos”, um evento para promover o talento dos jovens cabo-verdianos nas suas mais variadas vertentes. Segundo Soares, este terá ênfase em algumas práticas desportivas e artísticas que começam a cair em desuso. Cita o caso, por exemplo, das grandes aulas de karaté que, em tempo idos, eram realizados no estádio da Fontinha, em São Vicente.

“Teremos também o ´Lazareto Games”, que é realizado anualmente pela CMSV mas que este ano terá uma componente desportiva e de Saúde. Depois, em Outubro-Novembro, teremos algumas conversas abertas promovidas por parceiros, designadamente associações, ongs e congregações religiosas, que tem a responsabilidade de, no seu plano de actividades, realizar estas acções para dar corpo a esta capital da juventude”, realça

Para o mês de Outubro está agendado ainda uma mega-campanha de limpeza nas praias de São Vicente, com participação de jovens voluntários e, em Dezembro, uma gala da juventude, este um evento que pretende destacar os jovens em várias áreas que, diz Soares, têm estado um pouco a margem e que não se potência o seu real valor. O programa abre ainda espaço para actividades paralelas propostas por jovens da sociedade civil.

Em suma, o que se pretende é implementar este projecto em Cabo Verde e promover a cooperação juvenil do nível local ao internacional, juntando intervenientes e promovendo a cidadania. Outro objectivo é a capacitação dos jovens, encorajando-os a serem mais proactivos, para além de aumentar a atratividade do território, impulsionando um ambiente dinâmico, o que também vai contribuir para a fixação dos jovens nos seus concelhos e, consequentemente, propiciar o desenvolvimento urbano.

Constânça de Pina

(Visited 301 times, 1 visits today)

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here