Miss e Mister Fitness SV: Iguer sagra-se campeão absoluto; Bana conquista título de peso médio aos 51 anos

2359

O peso pesado Iguer Castro mostrou ontem à noite porque era o favorito natural ao título maior do concurso “Miss e Mister Fitness S. Vicente 2019”, no escalão masculino. Tranquilo e seguro no palco, este escultural fisiculturista venceu a prova na sua categoria e depois derrotou o representante dos pesos médios, o veterano Jorge “Bana” Duarte, reclamando para si o título de Campeão Absoluto (over all) da ilha do Monte Cara nessa modalidade desportiva. Um título respeitado pelos adversários e aplaudido pelo público que lotou o anfiteatro da Escola Técnica.

Emocionado, Iguer Castro teve dificuldades em segurar as lágrimas no momento de endereçar os seus agradecimentos e dedicar o troféu de pesos pesados ao pai, que acompanhou o torneio sentado numa cadeira de rodas. Um gesto que emocionou toda a sala, que aplaudiu de pé esse momento emocionante. “Senti-me emocionado com todo este ambiente e a situação do meu pai. Há seis anos que trabalho duro no ginásio e chegar aqui e ver o meu esforço compensado é algo espectacular”, declarou minutos depois à imprensa esse campeão, que sentiu orgulho em competir com Bana, um veterano bastante respeitado nas lides do culturismo mindelense.

Aliás, Bana voltou a mostrar a quem duvidava que ainda dá as cartas na modalidade, apesar dos seus 51 anos de idade. Defrontou nada menos que 10 concorrentes mais jovens na categoria peso médio e nenhum deles conseguiu suplantar o seu shape. “Neste desporto não há idade. Quem quiser pode treinar e competir. Tenho visto na televisão atletas mais velhos que eu e que ainda participam nos concursos. Isto é motivante”, frisa Bana, que já tem no seu palmarés outros títulos, alguns conquistados em 2005 e 2006.

No capítulo feminino, a “coroa” de miss fitness S. Vicente foi conquistada por Rilda do Rosário, 30 anos, na categoria wellness. Rilda competiu com outras sete concorrentes e confessa que foi invadida por “muita adrenalina” em cima do palco. “É preciso muita disciplina, dedicação aos treinos e uma boa alimentação para conseguirmos um bom shape (forma física). Se não fizermos isso ficamos numa balança, tipo sobe e desce”, comenta a campeã, que promete continuar a dedicar-se ao seu desporto de eleição.

Atribuir os títulos para as categorias peso médio, peso pesado e wellness (feminino) constituiu um sério desafio para o júri, segundo Lino Rodrigues. Como afiança este competidor profissional, o nível dos concorrentes foi de tal forma equilibrado que houve casos em que os jurados tiveram que discutir entre si e determinar as classificações. “Houve muita indecisão na atribuição dos prémios de primeiro, segundo e terceiro lugares, o que é um bom sinal. A diferença pontual foi decidida nalgumas situações com base na performance individual dos atletas”, informa Lino Rodrigues, que ficou satisfeito com o nível da organização do concurso, a condição física dos candidatos e principalmente com o comportamento do público.

A mesma apreciação teve o jurado Veiga Champion (conhecido por Fogo), para quem a prova suplantou as suas expectativas, apesar de envolver atletas amadores. “Fiquei particularmente sensibilizado com a forma como todos foram apoiados pelo público”, realça esse treinador professional, que decidiu atribuir um prémio especial a Iguer Castro, o campeão absoluto: participar numa prova em Portugal no próximo ano. Um convite aceite de pronto pelo atleta.

Organizar o concurso foi um desafio e tanto para Marlon Mota, proprietário do ginásio Malu Djym. Como explica esse empresário, deu seguimento a uma tentativa lançada por outras pessoas, ciente de que este era o momento para S. Vicente passar a ter uma competição regular de fisiculturismo. Além disso realça que foi a partir de uma notícia publicada pelo Mindel Insite que o projecto começou a ganhar dinâmica. “As pessoas começaram a enviar-me mensagens e a mostrar interesse em participar. Resolvi sair à rua atrás de patrocínios, tive apoio nomeadamente de atletas, apesar das dificuldades que enfrentam em treinar, pagar os ginásios e alimentar-se”, salienta o organizador, que ficou satisfeito com o resultado e já pensa na próxima edição.

Um total de 24 atletas competiu no Miss e Mister Fitness São Vicente, 8 femininos e 16 masculinos, nas categorias wellness, peso médio e peso pesado. O torneio de peso médio foi o mais concorrido, com 11 candidatos, enquanto a prova de peso pesado envolveu cinco atletas. No concurso feminino, Rilda do Rosário conquistou o troféu máximo, seguida de Elisângela Fortes e Ilsevania Alves. No campo masculino, Bana foi o grande vencedor dos pesos médios, Valdir Nascimento ficou na segunda posição e Álvaro Andrade conquistou o terceiro lugar. O título dos pesos pesados foi atribuído a Iguer Castro, enquanto que Erickson do Rosário e Vialy Soares ocuparam os outros lugares do pódio, como segundo e terceiro lugares.

Kim-Zé Brito

(Visited 3.079 times, 1 visits today)

2 COMENTÁRIOS

    • Bem que tentamos, caro Stefan, mas a internet não nos permitiu. Prometemos publicar uma selecção de fotos amanhã na nossa página no Facebook e mais tarde um vídeo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here