Missão da ONU desarma três grupos rebeldes na RCA

27

Combatentes de três grupos armados depuseram as armas no Oeste da República Centro Africana, anunciaram os representantes da Missão da das Nações Unidas (MINUSCA), citados pela AFP. A ideia é estender o programa aos 14 grupos armados signatários do acordo de paz com o Governo.

Este desarmamento acontece no quadro do programa intitulado “Desarmamento, Desmobilização, Reinserção e Repatriamento (DDRR)”, lançado pelas autoridades locais, em Dezembro de 2018, e tem como objectivo desarmar os combatentes dos 14 grupos armados signatários do acordo de paz com o Governo, em Fevereiro último.

Os elementos da Frente Democrática do Povo Centro Africano (FDPC) incluídos no programa DDRR, foram completamente desarmados, segundo Kenneth Gluck, representante especial adjunto da MINUSCA, tal como os combatentes do Movimento Revolução e Justiça e os da UFR-anti-balaka, acrescentou Kenneth Gluck.

No total, disse, foram desmobilizados mais de 450 combatentes, na prefeitura de Nana-Mambéré (Oeste). Até agora, cinco grupos participaram no programa. O Movimento 3R, responsável pelo massacre de   Paoua  (Noroeste),  de 22 de Maio, também está a ser desarmado, diz a MINUSCA.

A maioria dos 14 grupos signatários do acordo de paz de Cartum, o oitavo, desde 2013, ainda está armada. A RCA, com 4,5 milhões de habitantes, vive uma frágil situação de Segurança, com um quarto da sua população deslocada.

C/Angop

(Visited 65 times, 1 visits today)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here