Mulher ajuda a resolver assassinato da irmã gêmea após se inspirar em filme e alugar outdoor

107

Uma mulher tem conseguido novas pistas sobre o misterioso assassinato da irmã gêmea dela e tem ajudado o Departamento de Polícia de Baltimore, nos Estados Unidos, a conseguir novos detalhes do crime graças à inspiração que teve assistindo ao drama policial “Três Anúncios para um Crime” (2017). O filme é inspirado numa história real e protagonizado por Frances McDorman, Woody Harrelson e Sam Rockwell. Dirigido pelo cineasta Martin McDonagh, o longa metragem narra a pressão feita pela personagem da actriz sobre as autoridades da sua cidade para que fosse desvendado o assassinato de sua filha, com a instalação de três outdoors numa estrada local.

Jenny Carrieri fez uso da mesma estratégia presente na produção vencedora de dois Oscares em 2018 – Melhor Atriz (Frances McDormand) e Melhor Ator Coadjuvante (Sam Rockwell). Ela decidiu buscar por novas informações sobre o assassinato da irmã e conseguiu novas pistas ao instalar um outdoor oferecendo US$ 32 mil, e depois aumentando a oferta para US$ 100 mil, para quem ajudasse a desvendar o ocorrido. “Encontre o meu assassino”, diz o outdoor com a foto de Joanne ‘Jody’ LeCornu e um telefone instalado por Jenny na cidade de Baltimore, a pouco menos de 2 km de onde o corpo da irmã dela foi encontrado em março de 1996.

“Eu amei o filme e toda a ideia do outdoor; relacionei-me com a personagem principal porque a minha missão sempre foi e será que o caso da Jody seja desvendado”, disse Carrieri em relação à estratégia utilizada por ela, em entrevista à revista People. Após a instalação, ela recebeu telefonemas de supostas testemunhas que deram detalhes do crime e também de um homem actualmente preso apontado como o assassino e que não negou a acusação.

As pistas e informações passadas sobre a morte da estudante universitária indicam que ela tenha sido perseguida por um homem antes de conseguir entrar no carro dela. No entanto, ela não conseguiu ligar o veículo a tempo, foi alcançada e acabou sendo baleada na cabeça. O indivíduo teria pego algo dentro do carro e fugido dirigindo um BMW estacionado nas proximidades do crime.

A irmã da vítima teria entrado em contato com o homem apontado como suspeito, actualmente preso por outro crime. “Ele me escreveu várias cartas de volta, com muito conteúdo religioso. Ele perguntou o motivo de eu estar escrevendo para ele e disse que tentou falar comigo antes… Eu só quero algum encerramento para essa história”, afirmou Jenny Carrieri sobre as novas pistas. “É muito frustrante conseguir novas informações e fazer com que a história dela continue viva”, explicou Jenny. “As pessoas têm entrado em contato comigo, recentemente conversei com alguém que disse que sabia quem era o assassino e me fez várias perguntas. Eu não cheguei a falar com a polícia, mas essa pessoa nunca me disse a identidade desse suspeito”, contou a irmã da vítima. De acordo com a People, Jenny pretende fazer uma vaquinha virtual para aumentar o valor da recompensa oferecida por ela no outdoor.

C/ revistamonet.globo.com

 

(Visited 174 times, 1 visits today)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here