Navio Ribeira de Paul resgatado pelo barco Noroeste após horas à deriva com 69 passageiros

6552
Ribeira d'Paul no Porto do Tarrafal de S. Nicolau

O navio Ribeira de Paul sofreu uma avaria no trajecto entre as ilhas do Sal e S. Nicolau e esteve várias horas à deriva com 69 passageiros. A embarcação, segundo o Capitão dos Portos Aguinaldo Lima, estava a 12 milhas a leste de Ponta Preta, ilha de S. Nicolau, quando o motor deixou de funcionar por volta das cinco horas da madrugada de anteontem, quinta-feira.

“Comunicaram a situação ao armador e às autoridades e foi providenciado o reboque, que acabou por ser efectuado pelo barco Noroeste. O navio Ribeira d’Paul já se encontra atracado em S. Nicolau e os passageiros estão bem”, assegura Aguinaldo Lima. Conforme o Capitão dos Portos, a embarcação partiu do Sal depois das 23 horas de anteontem, quinta-feira, e seis horas depois sofreu a avaria. O navio, que transportava passageiros para S. Nicolau e S. Vicente, acabou por ser resgatado cerca das 15.30 de sexta-feira. Entretanto, só viria a chegar ao Porto do Tarrafal de S. Nicolau perto da meia noite de ontem.

“Passamos por uma experiência desagradável, mas felizmente que nada de mal aconteceu connosco”, comenta Jean Santos. Segundo este passageiro, o navio saiu do Sal com um atraso de quase três horas – deveria partir às 21 horas e só saiu às 23:45 – e seis horas depois ficou ao sabor da corrente marítima. “Houve pessoas que começaram a chorar e a ficar enjoadas, enquanto outras tentavam animar o ambiente”, conta esse jovem, para quem já estavam bem longe de S. Nicolau quando o barco Noroeste conseguiu alcança-los. “Digo isto porque começou o reboque por volta das 15:30 e só chegamos ao cais à meia noite. Portanto, ficamos praticamente um dia no mar.”

O barco Noroeste usado no resgate de R. de Paul e parte dos passageiros no cais

Apesar do susto, os passageiros, segundo esta fonte, foram bem acolhidos no Porto do Tarrafal. Quando chegaram, a Polícia Nacional, Cruz Vermelha e o presidente da Câmara local estavam à espera. Foram alimentados e alojados no centro social, onde ainda se encontram. Neste momento, os 31 viajantes com destino a S. Vicente estão a aguardar para seguirem viagem no barco de pesca Noroeste. Esta unidade está a ser preparada para acomodar os passageiros.

Foi impossível a este jornal chegar à fala com a companhia armadora responsável pelo navio Ribeira de Paul, pelo que o Mindelinsite tentará numa próxima oportunidade esclarecer melhor essa ocorrência com a empresa.

KzB

(Visited 9.388 times, 1 visits today)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here