Olavo Correia janta com empresários do norte em São Vicente

287

O vice-Primeiro-ministro, Olavo Correia, vai reunir-se no próximo dia 22 com empresários desta região em São Vicente, num jantar que terá como pano de fundo as medidas apresentadas pelo Governo para a promoção e o financiamento ao sector privado. Este jantar antecede, por outro lado, a 1ª edição do Cabo Verde Investiment Forum, no próximo mês de Julho.

O encontro com empresários terá como palco um dos hotéis da cidade, na sequência da conferência internacional “Construindo Novas parcerias para o desenvolvimento sustentável de Cabo Verde”, realizada nos dias 11 e 12 de Dezembro do ano passado em Paris, em parceria com o sector privado.

Estão previstas intervenções do presidente da Câmara do Comércio de Barlavento, Belarmino Lucas, do vice-PM, Olavo Correia, seguido de um diálogo com os empresários e de um jantar animado por Chico Serra.

Paralelamente, será feito o lançamento do Cabo Verde Investment Fórum marcado para o mês de Julho na ilha do Sal, na sequência da conferência de doadores e investimentos realizada no ano passado em Paris pelo Governo. Este encontro, de acordo com o Executivo, contou com forte engajamento dos parceiros de Cabo Verde, traduzido no financiamento do Plano Estratégico de Desenvolvimento Sustentável em cerca de 850 milhões de euros.

Este montante, segundo avançou Ulisses Correia e Silva na altura, não inclui os financiamentos em curso para o PEDS e outros investimentos privados em sectores fundamentais para a economia de Cabo Verde. São os casos por exemplo do programa da Plataforma de Desenvolvimento Local no valor de 1,2 milhões de euros, resultado do acordo com Luxemburgo e o PNUD.

Ainda: o Acordo com o Banco Mundial para o sector da Educação no montante de 10 milhões de dólares, o Acordo de financiamento para o Porto Inglês na ilha do Maio no valor de 17,8 milhões de euros, a extensão do Porto da Palmeira no Sal, para além da convenção de financiamento com a União Europeia para o programa da Boa governação, desenvolvimento e competitividade do sector privado, no montante de 10 milhões de euros.

Na ocasião, o PM prometeu que recursos seriam canalizados também no reforço da capacidade de resiliência para fazer face aos choques externos e alterações climáticas, para a transição energética, turismo, economia digital, hub aéreo, desenvolvimento dos recursos humanos, de entre outros.

Outro aspecto realçado pelo Chefe do Governo foi a atenção conseguida por Cabo Verde durante o evento por investidores privados. “Conseguimos atrair mais o Investimento Directo Estrangeiro, criar as condições para as Reformas em curso, para a melhoria do ambiente de negócios e reduzir os custos de contexto para que os investidores e as empresas nacionais possam ter um papel importante no crescimento da economia, na criação de empregos e oportunidades de rendimento para os jovens”, afirmava.

Neste sentido, tudo indica que o encontro do Mindelo com os empresários do norte vai servir para analisar o resultado prático dos investimentos feitos e para avaliar até que ponto as expectativas se concretizaram.

Constânça de Pina

(Visited 398 times, 1 visits today)

1 COMENTÁRIO

  1. Irá apresentar passos “CONCRETOS” em relação à Zona económica especial de S.Vicente e em relação ao terminal de cruzeiros???? Ou estes ficarão mais uma vez para a próxima legislatura já que esta já está quase no fim???

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here