Roma: Viagens de metro pagas com garrafas de plástico

55

A cidade de Roma adoptou uma estratégia inusitada para combater a poluição pelo plástico. Agora, quem quiser viajar e não tem dinheiro suficiente para o metro pode pagar o bilhete com… garrafas de plástico. Basta colocar os recipientes numa das máquinas recicladoras instaladas em três estações de metro.

Cada garrafa depositada no contentor, conforme o jornal electrónico Público.pt concede cinco cêntimos de desconto num bilhete. Trinta garrafas pagam uma viagem que custa 1,5 euros – cerca de 160 escudos cabo-verdianos.

O programa “+ Ricicli + Viaggi” (em português “+ Recicla + Viaja”) começou no final do mês de Julho e vai estar em período experimental durante 12 meses. Se a experiência correr bem, a rede será alargada a outras estações de metro. Para já, as máquinas estão instaladas nas estações Cipro, Piramide e San Giovanni e é necessário instalar as apps myCicero e Tabnet para quem quiser usufruir do desconto.

O processo é simples: cada utilizador tem um código de barras criado pela app, que deve ser lido pelo scanner da máquina recicladora; depois é só inserir garrafas de plástico com capacidade entre os 0,5 e os dois litros. Por cada garrafa depositada, o utilizador fica com cinco cêntimos na sua carteira virtual, que podem depois ser utilizados para comprar bilhetes com desconto.

Sergio Costa, ministro do Ambiente italiano, escreveu numa publicação do Facebook que “o ideal seria consumir menos plástico descartável”, mas que o programa é uma boa solução quando não há outra alternativa que não comprar uma garrafa de plástico. A estratégia de economia circular pode também motivar as pessoas a recolher garrafas de plástico atiradas ao chão por toda a cidade.

C/Publico.pt

(Visited 88 times, 1 visits today)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here