São Vicente: Electra festeja 50 anos de dessalinização com inauguração de central

402

A inauguração de duas centrais de produção, uma na ilha de São Vicente e outra no Sal, marca o segundo momento das comemorações dos 50 anos da dessalinização em Cabo Verde. O descerramento das placas está marcado para o dia 12 de Novembro, em duas cerimónias presididas pelo Primeiro-ministro, Ulisses Correia e Silva.

Em São Vicente, a inauguração das plantas dessalinizadoras está programada para as 10 horas da manhã, enquanto na ilha do Sal acontecerá por volta das 17 horas. Cada uma das centrais tem uma capacidade de produção de 10 mil metros cúbicos por dia. Ainda conforme o programa, no dia 13 haverá uma homenagem aos antigos trabalhadores da primeira instalação de dessalinização da ilha do Sal.

Para o dia 15, está agendada uma conferência internacional na Câmara do Comércio de Barlavento sobre o tema “A problemática da água em regiões insulares e sahelianas”, com o propósito de promover o diálogo e a partilha de conhecimentos, e a apresentação de soluções tecnológicas para a resolução do problema da água nessas regiões.

Quatro painéis estarão em debate: Produção e distribuição de água dessalinizada-perspectivas de optimização de custos; 50 anos de experiência em dessalinização das Canárias e cooperação com Cabo Verde; Legislação abrangente à qualidade da água e Processos de dessalinização e evolução do consumo energético. Estará patente no mesmo espaço uma exposição fotográfica “50 anos de dessalinização em Cabo Verde 1968/2018″. Serão oferecidos exemplares engarrafados de Água d’Jaida aos presentes.

No período de tarde, o programa destaca a apresentação das notas introdutórias sobre a obra “História de Abastecimento de Água à Cidade do Mindelo – Fontes, Nascentes e Dessalização da Associação Aga Nôs Vida”. Segue a apresentação do projecto museológico da Associação Água Nos Vida, uma homenagem aos antigos trabalhadores da Junta Autónoma das Instalações e Dessalinização de Água (JAIDA), de entre outras actividade.

O primeiro momento das celebrações dos 50 anos da dessanilização de água em Cabo Verde, recorda-se, aconteceu em Março passado, com a realização em São Vicente do fórum no Dia Mundial da Água, actividade promovida pela Associação Aga Nôs Vida.

Constânça de Pina

 

 

(Visited 626 times, 1 visits today)

3 COMENTÁRIOS

  1. A Administração da ELECTRA devia ser presa em vez de fazer festas. Construir uma instalação de dessalinização num local valiosíssimo para fins turísticos como este? É por muitas coisa destas que temos uma das tarifas de electricidade das mais caras do Mundo..

  2. Esta obra nasceu como um projecto da Administração que geriu a ELECTRA durante Governo do PAICV. O MpD montou todas estas celebrações para fazer parecer que o projecto é da actual Administração da ELECTRA. Infelizmente quer a Administração anterior quer a actual permitiram que os dessalinizadores fossem instalados numa zona de enorme valor turístico e com um valor económico que podia servir para viabilizar a ELECTRA.

  3. Esta ser inaugurada mais um continua pior pelo menos aqui Tcham Marinha nao consigo depositar agua ja la vao tres semanas nao tem pressão suficiente essa e a dificuldades desde do início

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here