“Tarde piaste”? Não, fale sempre!

412

Por Nelson Faria

Bem, são várias as opiniões e posições sobre o que disse o PCMSV na questão das viagens internacionais (falta delas) e a descentralização / regionalização. Respeito a todos. Porém, permitam-me também entrar na onda “opinatória” e dizer que gostei e gostarei muito mais se ele mantiver a mesma postura, coragem e coerência mesmo que contrárias ao seu partido, ou ao governo, sobre matérias que põem em causa a vida e sobrevivência de São Vicente e sua gente.

Explico, de que serve um presidente mudo, conformado, vassalo e acomodado ao que lhe é imposto pela hierarquia partidária quando as pessoas que o elegeram clamam e reivindicam, justamente, condições necessárias ao seu desenvolvimento e bem-estar? Não serviria muito. Seria mais um boneco. Nesta vertente, aplaudo.

Obviamente as questões colocadas e sua resolução não passam apenas pela sua exposição na comunicação social. Passam sim pelo dito agora existente “bom diálogo” e negociações com o Governo e outras entidades. Isto também se espera do Presidente da CMSV. O que não se resume apenas à comunicação para demonstrar que está atento, mas que tem capacidade para resolver e ultrapassar os obstáculos que são colocados a sua gente, que não são poucos…

Outra vertente bastante visível e criticada por muitos é ter sido tardio, oportunista, calculista e até eleitoralista. Provavelmente… Afinal é politico! Nisto cabe a cada um analisar e retirar o que considera válido da comunicação e expurgar a outra parte que sabe que não interessa e apenas convém ao comunicador e sua entourage. Não tenho dúvidas que gente d’soncent saberá fazer isso. Não tenho dúvidas, também, que os acólitos seguidores, os yes man, estarão entusiasmados. Não se entusiasmem muito. Não fará muitas vezes.

Acho sim importante que ele fale o que o povo, a economia e a vida de São Vicente querem e precisam. Acho importante que, enquanto representante máximo da ilha, ele ou qualquer outro autarca tenha a coragem de cutucar o centralismo, os interesses partidários e outros que não abonam favoravelmente para o bem-estar de todos. Mas, como já referi, deve igualmente ter a capacidade de intervir, negociar e ajudar, como puder, na resolução das questões que afligem a ilha, independentemente dos alinhamentos ou desalinhamentos partidários. Calar? Nunca! Fale sempre!

(Visited 684 times, 1 visits today)

3 COMENTÁRIOS

  1. Bom conteúdo. Apenas uma correcção ( de concordância) no título do Artigo: “Tarde piaste? Não, fale sempre?” o correcto seria:
    “Tarde Piaste? Não, Fala sempre” ou então: “tarde Piou? Não, Fale sempre” Aqui é a forma verbal do verbo falar (fale) que não concordou com a forma verbal do piar (piaste).
    Se não concordar em publicar o comentário. não haverá qualquer problema. Gostaria muito que chegasse apenas ao conhecimento do autor do Artigo.
    Obrigada

  2. Quanta ingenuidade.
    E não considera, sr colunista, q’ess manobra d Guste seja combinod má Praia ??
    Gent d soncent t cada dia mas 😴😴😴…e é trist

  3. piar rima com aguardar ,… sempre que os pintos piam ficam sempre aguardando pela mae …
    acho que realmente os pintos que aguardam … mas resultados de não piar , têm o seu tempo …..

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here