Ulisses C. e Silva promete investimentos de onze milhões de contos em São Vicente

840

O Primeiro-ministro prometeu ontem investimentos na ordem dos onze milhões de contos em São Vicente no período 2017 – 2021 para revitalizar o desenvolvimento da ilha. Ulisses Correia e Silva, que presidiu o acto solene dos 140 anos da elevação do Mindelo a categoria de cidade, garantiu que o Governo está empenhado em trabalhar, pelo que pediu confiança e alto astral aos mindelense porque, frisou, é com “confiança que o país avança”.

“Destaco a requalificação dos bairros, a reabilitação de casas e das acessibilidades, a reabilitação do património histórico e cultural nos quais se inclui a asfaltagem da estrada cidade-Baía das Gatas e o Centro Nacional de Artesanato e Design. A nível das habitações, por exemplo, a Quinta de Santana do IFH acontecerá em 2020 e temos 88 casas sociais em Portelinha, com a cooperação chinesa. O Aeroporto Cesária Évora receberá investimentos para se adequar a operações nocturnas, através de voos internacionais”, enumerou o chefe do Governo.

O Parque Tecnológico e o Data Center em construção, o Centro de Hemodiálise, o Ambulatório, o Bloco da Maternidade e Pediatria do Hospital Baptista de Sousa, a reabilitação do Centro de Terapia Ocupacional da Ribeira d’Vinha e o Terminal de Cruzeiros, cujo arranque vem sendo anunciado pelo Executivo e a Enapor há anos, são outros projectos incluídos neste pacote de financiamento avaliado em onze milhões de contos, avançados por Ulisses Correia e Silva, para quem o Governo tem razões para estar confiante e para acreditar no país e na ilha de S. Vicente.

O PM, no entanto, não falou apenas dos investimentos públicos para esta ilha que, frisou, vai sediar a sociedade gestora do Centro Internacional de Negócios (CIN). Segundo o UCS, o Orçamento de Estado para 2019 fez importantes apostas na melhoria dos incentivos do CIN, que será um importante instrumento para dinamização da indústria em São Vicente. “Queremos Mindelo também como um destino turístico urbano, náutico, de eventos culturais, de conferências, congressos e feiras internacionais. Neste sentido, importantes investimentos privados estão a ser trabalhados, com apoio do Governo, no sentido de garantir melhores condições de financiamento. Alguns deles estão prestes a arrancar, outros com obras em curso. São os casos do Ouril, o Salamansa Bay, o Tulipa Matiota e o Merriott, que arrancará em Novembro.”

Tudo isto porque, afirma, o Governo está empenhado no desenvolvimento das ilhas, o que justifica a aposta na Regionalização, chumbada na semana passada pelo PAICV com argumentos que, de acordo com Correia e Silva, não convencem. “Foram dançando entre o referendo; uma ampla reforma do Estado, que passaria pela redução do número de deputados no Parlamento, e, mais recentemente, a eliminação dos municípios onde existe apenas um concelho, caso por exemplo de São Vicente. Estas razões foram acrescentadas ao longo do tempo com o único intuito de bloquear o processo. Mas vamos continuar a lutar até que a Regionalização se concretize.”

Viagem nostálgica

O edil mindelense optou por fazer uma viagem nostálgica aos sabores e lugares com suas histórias do “soncente d´outrora”, através das crónicas do historiador Brito-Semento, para definir o seu modelo de autarquia de agora e do futuro. “Vejo a autarquia como uma entidade facilitadora, e não como um poder gerador de obstáculos e de burocracia à criação de emprego, de riqueza e valor para o concelho”, disse Neves, que garantiu que a porta do Paços do Concelho estará sempre aberta aos munícipes e investidores. Aproveitou para elencar as obras estratégicas feitas e em curso, as preocupações com o equilíbrio das contas municipais, o Balcão Único, os apoios sociais, desportivos, de entre outros.

As festividades do dia da cidade contaram com a presença de várias entidades e instituições em São Vicente, entre os quais o ministro da Economia Marítima, os Secretários de Estado da Juventude e da Economia Marítima, deputados, Forças Armadas, Polícia Nacional, instituições religiosas, de entre outros.

Constânça de Pina

(Visited 1.413 times, 1 visits today)

9 COMENTÁRIOS

  1. Melhor investir também, e se calhar primeiro, na justiça, nos tribunais, para acabar com essa morosidade desgraçada que dá cabo da vida das pessoas, e que não deixa a economia avançar.

    Qualquer bagatela que se tenha que tratar nos tribunais, só se tem prazo para pagar os preparos. Depois, é esperar, esperar, e exasperar, porque não se tem a quem reclamar dos tribunais. Ditadura, pode-se fazer revolução, ou dar golpe de estado. Agora tribunal …

  2. O meu Deus boce ajuda temp passa rapido pa no pode tchga 2021 e no oia livre dess huminha !
    O meu Deus ajuda o tempo a passar depressa para podermos ver livres do cipaio Ulisses.
    Nhor Des nhu djuda tempu passa faxi pa no pude livra di ess bakan nocenti ulisses

  3. Caros concidadãos, por favor, consideram o que é 11.000.000 de contos. Só para ter uma ideia, a estrada Porto Novo Janela, uma das maiores infraestrutura feitas em CV apôs Independência, custou pouco mais de 1.000.000 de contos. É possível construir uma habitação com menos de 3.000 contos… Eu sei que é possível, construir um duplex (dos de 6×11), todo acabado, com menos de 3.000 contos. Ulisses disse que estão investindo… 11.000.000 de contos em SV… E pelo que disse, a maior parte já está investido… Caramba pá, como é possível tratar gente de SV de tolos desta forma? Tirem a vossa conclusão. Porque que, o povo de SV elegeu esse sátrapa como Primeiro-ministro gente? Esse individuo, é dependente da mentira. Se não mentir, fica ressacado…!!!

  4. Sr. PM!! Vou acreditar em si porque o senhor é um homem muito mais nobre, cordeal e que demonstra ter muito mais respeito pelo povo de todas as ilhas, do que o seu antecessor JMN. Em suma, o senhor é mais caboverdeano.Mas de todo o modo, nao se esquca que ja estamos muito habituados a repetidas e falsas promessas, pelo que qualquer falha é suficiente para nos fazer desconfiar. É que S.Vicente ja nao pode continuar a esperar mais.

  5. Mais uma vez, o chefe dos camaradas vez ao “CURRAL SONCENTE” fazer os bois durmirem. A nossa FELICIDADE anunciada e cantada pelo MAGICO DA LAMPADA, pelo divino aladino UCS. Aqui por estas bandas ja estamos saturados destes profetas e das suas falsas profecias. Falta pouco tempo, para que o nosso magico consiga “TIRAR A VARINHA MAGICA” ou entao algum coelho da CARTOLA ou entao que emita JCristo e faça a multiplicaçao dos paes. Ja estamos fartos de PASTORES. Pelo rol de promessas, este governo ja se assemelha demais as seitas religiosas que hoje proliferam, prometem a salvaçao (felicidade) mas, o que querem é viver a custa dos incautos. Haja fé, haja luz e que a esperança nao nos atraiçoe!

  6. 2021 Todos vao votar num PM de S.Tiago…a esperiencia com esses PM de S.T. é mal a pior. melhor votar em qualquer um q aparece,, e votar nele ..seria Surpresa na Administrasao…Cabo verde tem q Renovar esses Partidos de Familias,,porque se nao quem vai sobreviver só a CIdade de S.TIAGO;; depois para procurar trabalho nessa cidade tens q ter uma aotorizasao..do Governo.. ( Visum ) Vejam q velocidade anda o desenvolvimento Industrial e Economico.(.Praia ) Equanto as outras ilhas andam a construir escritórios de PESCA artesenal..ou encontros d alto nivel- sem eficaz..o Fruto desses encontros;vao ser feitas na PPPraia.. ( 11 mil contos ) .a trossar da ilha SANVICENTINA ,,Nem migalhas chama-se a isso,, PEIXO podre pa Sanvicente…oferecido pelo PM …

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here